O que fazer na Patagônia Argentina

Para quem está planejando uma viagem para a Patagônia, saiba que a região é gigantesca!!! Ela está localizada ao extremo sul da Cordilheira dos Andes e passa tanto pelo Chile quanto pela Argentina!! Boa parte da Patagônia, está na parte argentina e muitas das atrações mais famosas também… porém, esse post é sobre uma região não muito explorada por nós brasileiros, não tão famosa mas simplesmente incrível, riquíssima de cenários e passeios lindos e que vale muito colocar em seu roteiro !!

Leia também: Roteiro de 4 dias na Patagônia Argentina 

o que fazer na patagonia nos na trip

 

O que fazer na Patagônia Argentina : Puerto Madryn e Península Valdés

Essa é a região da Patagônia onde não vemos geleiras e sim animais, é a região dos golfinhos, orcas, pinguins, baleias, leões e elefantes marinhos … é o Animal Planet da Patagônia! E para aproveitar ao máximo sua experiência, uma coisa bem importante é escolher corretamente a época de sua viagem, pois fora de temporada você não verá nada além de bonitas paisagens.

Em geral, a alta temporada vai de setembro até abril e abaixo vou dar dicas dos passeios mais legais e qual melhor época para faze-los.

o que fazer na patagonia nos na trip2

 

Se você quer ver colônias enormes e lindas de PINGUINS, saiba que são cerca de 500 mil pinguins de Magalhães que passam por essa região todos os anos!! E eles ficam por lá durante toda a temporada, de setembro até abril, que é exatamente o período de reprodução da espécie.

Os melhores lugares para ver essas colônias de pinguins são em Punta Ninfas (na Reserva El Pedral), em Punta Tombo e na Estância San Lorenzo. Eu fiz os passeios de Punta Ninfas e da Estância San Lorenzo, ambos com a empresa Argentina Vision, que são ótimos!! Bons carros, guias super treinados, gostei muito dos passeios que fiz com eles.

Leia também: GUIA completo da Patagônia Argentina – para você planejar melhor sua viagem

o que fazer na patagonia nos na trip3

Punta Ninfas é o ponto mais austral do Golfo Novo e foi um dos lugares mais lindos que conheci na região de Chubut, com falésias debruçadas ao mar e uma colônias de elefantes marinhos curtindo o sol e relaxando na praia lá embaixo. Além das falésias também pode-se visitar o Farol, que é outra atração do lugar.

Bem pertinho dali fica a Reserva El Pedral, um hotel de campo, super charmoso, longe de tudo e perfeito para um dias de total descanso. Além do hotel, a Reserva oferece day tours para a pinguineira da região… ali foi meu primeiro contato com os Pinguins de Magalhães. Eu fui em meados de novembro, bem na época em que os pinguins estão chocando seus ovos, não tive a sorte de ver nenhum pinguizinho nascendo, pelo contrário, essa época eles ficam um pouco mais reclusos nos ninhos a espera de seus babys nascerem mas a medida que fui me aproximando do mar fui vendo a quantidade enormeeeeeee de pinguins que tinha por ali… presenciei uma das cenas mais fofas da vida, como essas criaturinhas são fofas <3.

A caminhada pela pinguineira da Reserva El Pedral dura uns 30 minutos até o mar e é bem agradável, na volta, eles oferecem um almoço no hotel que também é uma delicia. Super vale o passeio, mesmo que você não se hospede no hotel.

A Estancia San Lorenzo, fica a 160km de Puerto Madryn, na Península Valdés, é uma enorme fazenda de gado onde fica uma das maiores pinguineiras da região e um lugar bem bacana para explorar pois são diversas trilhas que levam de 1h30 até 3h30 de caminhada. A Estancia também serve almoço e um ótimo cordeiro patagônico grelhado.

O dia que eu fiz esse passeio estava chovendo muuuuuito e fazendo frio (mesmo em meados de novembro, o que não é comum) e eu acabei preferindo ficar no galpão onde é servido o almoço, junto a lareira e saboreando uns queijinhos com com linguiças artesanais e pães quentinhos, rs. Uma parte dos amigos que estavam comigo encararam a menor trilha, de 1h30 de caminhada e falaram que super valeu conhecer mesmo debaixo de chuva.

o que fazer na patagonia nos na trip4

Agora se você não quer sair de lá sem ver BALEIAS, saiba que essa região é o berçário das baleias franca-austral, onde elas tem seus filhotinhos e curtem o início de verão. Elas estão por lá entre junho e dezembro ( agosto é a altíssima temporada das baleias) e estima-se que 1300 baleias passam por lá durante essa temporada e nascem cerca de 700 filhotes por ano!!

Puerto Pirâmides é o lugar perfeito e certo de encontrar as baleias e seus filhotes nadando e fazendo graça para os barcos de turistas. Os barcos chegam relativamente próximo as baleias e, na maioria das vezes, elas de curiosas, vem nadar super pertinho dos barcos.

Mais uma vez, quem me levou para esse passeio foi a Argentina Vision, que fez nosso transfer até Puerto Piramides e lá contratamos o passeio com a Yellow Submarine , uma das várias empresas que tem Puerto Pirâmides mas a única que oferece passeio em um submarino! Na verdade, não é um submarino mas um barco adaptado com janelas submersas ao nível do mar onde é possível ver as baleias nadando no fundo do mar. O mesmo barco também tem um deck do lado de fora e assim é possível ter as duas experiências, achei super bacana a ideia, principalmente se você tiver tempo de fazer só esse passeio.

Outras opções de passeios são o barco comum e o bote inflável, daqueles modelos grandes com capacidade para umas 50 pessoas.

Apenas lembrando que se tratando de animais em seu habitat natural o avistamento das baleias não é garantido 100% e nenhum barco tem permissão de chegar muito próximo a elas, ou seja, as baleias, se quiserem é que vão chegar próximo ao seu barco. Pelo que me explicaram lá, normalmente elas chegam próximo pois são super curiosas, principalmente os filhotes e foi exatamente o que aconteceu no meu passeio… várias baleias chegando super pertinho e fazendo graça o tempo inteiro, espetáculo incrível da natureza ( no nosso instagram @nosnatrip tem vários vídeos desse momento no destaque dos stories – Patagônia).

 

o que fazer na patagonia nos na trip6

Já os LEÕES e ELEFANTES MARINHOS  você pode encontra-los o ano inteiro em Puerto Madryn em vários pontos, ve-los de longe e até nadar com eles… aliás, essa foi uma das minhas melhores experiências da viagem, fazer passeio de caiaque até uma colonia de leões marinhos e ve-los nadando pertinho de mim!!

Os dois melhores lugares para curtir essa experiência é em Puerto Madryn e Punta Delgada e eu fiz o passeios nos dois!!

Em Punta Delgada eu fiz o passeio com a Argentina Vision que me levou para conhecer uma colonia enorme, porém eles ficam lá embaixo na praia e nós não podemos chegar muito próximo, tem uma demarcação na área onde delimita até onde podemos chegar. Ainda assim super vale, é lindo observar como eles sem comportam.

Já em Puerto Madryn fiz o passeio de caiaque com a empresa Costas de Patagônia. Não deixe de fazer esse passeio, sério, é incríveeeeeeel!!! Foi a experiência mais próxima que tive com esses bichinhos e foi a coisa mais linda de se ver. O passeio de caiaque sai de uma praia em Puerto Madryn a uns 10 minutos de carro do centro e assim que entramos no mar, ainda longe da colonia dos leões marinhos, avistamos alguns brincando próximos a gente. Acho que depois de uns 15 minutos remando chegamos a primeira colonia e assim como em todos os passeios com animais em seu habitat natural é questão de sorte deles quererem fazer contato com você e chegar mais próximo. No meu passeio, vários filhotinhos chegaram bem próximos ao caiaque de curiosos que são mas a maioria deles estavam em terra mesmo e por lá ficaram, rs. Vi algumas fotos de filhotinhos que pulam em cima do caiaque e tudo hahahaha, não tivemos essa sorte!

O maior presente que tivemos nesse passeio, que já estava sendo incrível pela oportunidade de chegar tão próximo aos leões marinhos, foi avistarmos uma baleia franco austral a uns 500 metros da gente… sério, foi surreal !!!!! Por recomendação do guia não chegamos mais próximo pois ela estava amamentando seu filhote e talvez ficasse agitada se tentássemos nos aproximar mais, porém foi a experiência mais linda de toda viagem… nunca imaginei ver uma baleia tão pertinho, ainda mais de caiaque, e foi uma sensação bem diferente do avistamento que fizemos de barco.

Essa mesma empresa também tem a opção de mergulho de snorkel para ver os leões marinhos na mesma colônia que eu fui de caiaque mas esse passeio eu acabei não fazendo pois como tinha chovido bastante nos dias anteriores o mar estava muito turvo e com pouca visibilidade.

 

o que fazer na patagonia nos na trip8

O maior predador da região faz um espetáculo a parte por lá mas diferente do que achamos elas não atacam pessoas hahahahahaha. As ORCAS estão lá entre outubro a março e o mais legal da passagem delas é assistir ao espetáculo de varamiento, que é quando as orcas encalham propositalmente para se alimentar de filhotes de leões marinhos que ficam na beira do mar, durante a maré cheia. Nesse período elas estão ensinando seus filhotes essa técnica.

Punta Norte e Punta Delgada são os dois lugares propícios para assistir, porém achei  Punta Norte muito melhor pois é possível assistir ao varamiento bem de pertinho, só é preciso saber os horários da maré cheia e dar muita sorte de elas estarem por lá no dia de seu passeio.

A Argentina Vision nos levou a Punta Norte para conhecer a praia e explicar como acontece o varamiento das orcas mas não fomos em horário de maré cheia e por isso não foi possível ve-las 🙁

Confira as melhores hospedagens e com ótimos preços em Puerto Madryn

PS: O Nós na Trip é parceiro do Booking.com e quando você reserva um hotel por esse ou qualquer link dentro do blog, nós recebemos uma pequena comissão para continuar pesquisando e escrevendo matérias gratuitamente para você, mas não se preocupe pois o Booking  NÃO COBRA nenhuma taxa extra por isso, os valores dos hotéis são exatamente os mesmos praticados diretamente no site. Muito obrigada 🙂

 

 

 

E por fim os GOLFINHOS, eles estão pela região entre dezembro e março, temporada de verão e a espécie que mais aparece por lá é o golfinho escuro. Os melhores lugares para fazer passeio e avistar os golfinhos são na Península Valdés e em Puerto Rawson.

Ah e apesar do feriado da Semana Santa já ser o final de temporada nessa região da Patagônia, também é uma época bem interessante para programar sua viagem pois ele fazem uma procissão subaquática super bacana e que já é tradição por lá.

Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

Deixe uma resposta