O que fazer em La Maddalena, na Sardenha

postado em: Itália, Sardenha, VERÃO EUROPEU | 2

É tarefa difícil dizer qual é o lugar mais bonito da Sardenha, mas La Maddalena é um daqueles paradisíacos que obrigatoriamente tem que estar em seu roteiro. Quando estávamos planejando a nossa viagem, ficamos na dúvida se deveríamos nos hospedar na ilha, Santa Teresa di Gallura ou Porto Cervo, temos certeza que fizemos ótima escolha passando 4 noites em La Maddalena. Neste post vou falar sobre o que fazer em La Maddalena, dar várias dicas e também disponibilizar o nosso roteiro.

Nós fomos no final de junho/18 e quase todas as praias estavam cheias, a melhor época para ir é de junho à setembro, vimos pessoas que foram em maio e outubro e o tempo estava ótimo também. Em uma próxima viagem para Sardenha, vamos escolher por volta de 15/setembro para pegar a ilha mais vazia e preços mais baratos.

Vou dar o máximo de detalhes das coisas que não achei na internet durante o meu planejamento, espero poder te ajudar a fazer uma viagem mais organizada e com informações relevantes que vão te ajudar em sua trip.

Tenha em mente que La Maddalena só servirá de base para conhecer as ilhas paradisíacas que estão eu seu entorno, conversando com locais descobrimos que não vale a pena conhecer as praias desta ilha, pois elas não são tão bonitas quanto as que eu vou mencionar daqui pouco.

O arquipélago é composto por 6 ilhas: La Maddalena e Caprera (somente essas duas são acessíveis por carro), Razzoli, Budelli, Spargi, Santa Maria e Santo Estefano (estas você vai conhecer em 1 dia contratando um passeio de barco).

É extremamente necessário alugar um carro para explorar a região, pagamos €106 por 1 semana e + 75 de seguro pela Sicily By Car, fechamos pela Rental Cars, que é parceira do blog e sempre traz os melhores preços. O bom que você pode cancelar a reserva até 48 horas antes do check-in sem custo algum, clique aqui para ver as ofertas.

*Todas as fotos dos posts da Sardenha estão sem edição nenhuma, adotei a famosa hashtag “#nofilter”, fiz propositalmente para você ter uma ideia real de como a ilha é paradisíaca, posso afirmar que é o lugar mais bonito da Itália e um dos mais tops da Europa. Ao vivo te garanto que é bem mais bonito, por foto não consegue mostrar toda beleza.

Confira as melhores hospedagens e com ótimos preços em La Maddalena

PS: O Nós na Trip é parceiro do Booking.com e quando você reserva um hotel por esse ou qualquer link dentro do blog, nós recebemos uma pequena comissão para continuar pesquisando e escrevendo matérias gratuitamente para você, mas não se preocupe pois o Booking  NÃO COBRA nenhuma taxa extra por isso, os valores dos hotéis são exatamente os mesmos praticados diretamente no site. Muito obrigado 🙂

O que fazer em La Maddalena
Chegando em La Maddalena

Como chegar

O porto que você vai pegar o ferry é o de Palau, nós viemos de Cala Gonone e a viagem demorou cerca de 1:40h. Não há necessidade de comprar o ticket antecipado no site, durante a alta temporada (junho a setembro) os ferries saem a cada 15 minutos (durante o dia) e a cada 30 minutos / 1 hora durante a noite, para mais informações e os horários de partida acesse aqui. Fique tranquilo que tem ferry 24 horas por dia durante o verão, porém você precisa parar o carro ali mesmo no porto e ir na bilheteria comprar os tickets, ida e volta foi 36 (1 carro e duas pessoas), eles poderão ser utilizados a qualquer hora do dia/noite (open return).

Não fique preocupado se vai ter lugar no ferry caso tenha tenha horário marcado, voo etc, pois tanto na ida quanto na volta foram somente 8 carros nele, e cabia pelo menos uns 50 carros. A travessia dura por volta de 20 minutos, é muito rápida.

Onde se hospedar

A única ilha que você poderá se hospedar é La Maddalena, apesar de Caprera também ser acessada por carro, por lá não pode ser construído nada (é inabitada), só tem alguns poucos bares e restaurantes. Quem morou lá foi Giuseppe Garibaldi, antes de ir para o Brasil e conhecer a Anita Garibaldi.

O melhor lugar para se hospedar é próximo ao porto onde saem os passeios de barco e também onde chega o ferry vindo de Palau. Pelo fato da ilha ser pequena, não se preocupe se você achar uma acomodação que não fique do lado do porto, eu sempre quando viajo tento ficar em um hotel perto de alguma praia que da pra ir a pé, mas não achei necessário neste caso também pois tudo é perto.

Vale lembrar que os preços dos hotéis, assim como tudo na ilha, variam muito entre alta temporada e baixa temporada (assim como qualquer lugar do mundo), portanto tente reserva-los com antecedência pois não há uma vasta opção de hotéis em La Maddalena, se deixar pra última hora poderá ficar caro.

Nos hospedamos no B&B Le Stelle, ele é um Bed & Breakfest bem simples, mas atendeu muito bem o que estavamos procurando, que era recarregar as energias para o dia seguinte, fica a 4 minutos de carro do centro, tem um café da manhã bem simples incluso, tem estacionamento, cama confortável e ainda tem geladeira e microondas disponível para os hospedes. Fomos muito bem recepcionados pela Laura, que nos deu várias dicas, a diária no verão custa entre R$ 350 e R$ 400.

Um hotel bem procurado entre os brasileiros é o Excelsior, é um 4 estrelas que fica na rua porto, a diária gira em torno de R$ 750, para ver as melhores opções de hotel em La Maddalena clique aqui. (Reservando pelo nosso link você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o blog atualizado, obrigado).

O que fazer em La Maddalena
Centrinho de La Maddalena e suas árvores floridas

Quantas noites são necessárias e roteiro de La Maddalena

Nós passamos 3 dias inteiros (sem contar o dia da chegada e partida) em La Maddalena e achamos que foi o suficiente para conhecer as praias mais bonitas, acredito que se tivéssemos mais dois dias em nossa viagem, com certeza iríamos aproveitar para conhecer outras praias da região da Sardenha e não de La Maddalena, pois as mais bonitas nós fomos.

Achamos essencial ter internet para conhecer as praias, recomendamos a Easysim4you caso você já queira sair do Brasil já com internet funcionando. O Waze funcionou muito bem, porém ele não é muito familiarizado com trilhas, recomendamos utilizar o Google Maps somente neste caso.

Chegamos por volta das 19hs, fizemos check-in no hotel e fomos dar uma volta no centrinho que é bem charmoso (como disse a namorada rs), como comemos o dia todo, já fomos direto para a sobremesa, o tão delicioso gelato. Não conseguimos experimentar de todas as sorveterias da cidade (uma pena rs), mas o que mais gostamos e que sempre tinha fila na porta foi o da La Finestrella (anota ai), que fica na rua do porto. O melhor que pedi foi o de Nutella (sim você leu certo) com fragola (morango), possivelmente o melhor sorvete que comi nada vida (Baccio di Latte no Brasil se aproxima). Depois voltamos para o hotel para se preparar o coração para o paraíso de Cala Coticcio.

1º dia – Cala Coticcio, Spiaggia Due Mari, Andreanni e Del Relitto (Shipreck Beach)

Começamos o dia partindo para a Cala Coticcio, que fica em Caprera, saímos do hotel as 7:30 e chegamos ao começo da trilha antes das 8:00, recomendo chegar o mais cedo possível (talvez 07:00), para pegar a praia vazia. É imprescindível que você esteja de tênis, pois a trilha, que leva por volta de 35 minutos, tem muitas pedras e alguns momentos requer muito cuidado (não recomendo para crianças pequenas e pessoas idosas ou que tenham alguma dificuldade de locomoção). Não precisa ter experiência em trilhas, mas ela cansa tanto na ida (descida) e mais ainda na volta (subida), mas vale muito a pena. É nível médio, mas se eu fiz, qualquer pessoa pode fazer.

Como a maioria das praias não tem estrutura, leve uns comes e bebes com bastante gelo, talvez você queira passar o dia todo lá. O início da trilha é um pouco pra frente onde o Waze/Google falar “Você chegou”, neste caso use o Google, não tem placa alguma indicando o caminho mas quando você ver alguma lugar parecido com o lugar abaixo, significa que você está certo, pare na rua (Em La Maddalena, basicamente só paga estacionando rotativo na area do porto).

O que fazer em La Maddalena
Início da trilha de Cala Coticcio

Você vai chegar primeiro na Cala Bianca, passamos por lá era por volta de 8:25 e por conta da posição do sol ela não estava bonita, mas às 14 horas, quando voltamos, vimos que ela também é um paraíso e merece um mergulho por lá.

O que fazer em La Maddalena
Cala Bianca

A trilha para Cala Coticcio fica a esquerda desta praia, tem tanta pedra que na verdade nem parece trilha, mas vai subindo que depois de uns 10 minutos você vai chegar ao paraíso, mas como já comentei, prepare o coração.

Chegamos na Coticcio antes das 09:00hs e ficamos lá até 13:30, depois demos um mergulho na Cala Bianca, pegamos a trilha de volta e fomos ao mercado comprar algumas coisas para o passeio de barco do dia seguinte.

O que fazer em La Maddalena
Cala Coticcio
O que fazer em La Maddalena
Cala Coticcio

De volta novamente a Caprera, conhecemos as praias Spiaggia Due Mari, Cala Andreanni e Del Rellito, elas ficam bem próximas uma da outra e a que mais gostamos foi a Due Mari, água clarinha e bem tranquila. Por ser fim de tarde, as outras duas não estavam tão bonitas pois o sol já estava bem baixo e o mar mais agitado. Mas com certeza as 3 valem a visita, em um horário que tenha sol, claro.

O que fazer em La Maddalena
Due Mari
O que fazer em La Maddalena
Cala Andreani às 17hs

2º dia – Passeio de barco para as illhas Spargi, Budelli, Santa Maria e Santo Estefano

Esse dia foi sensacional, o meu pensamento foi “Estou em uma lancha na Itália com esse mar das Maldivas”, só por esta frase você já consegue imaginar e saber se vale a pena.

Estas ilhas só são acessadas por barco, não há outra maneira, portanto ou você faz o tour ou não irá conhecê-las. Durante o seu planejamento da viagem, é importante já tentar deixar agendado com a empresa que faz o passeio, durante a alta temporada a demanda é muito grande e não acho que valha a pena deixar para última hora. Vou deixar o contato da empresa que fizemos o passeio, o nosso skipper (piloto) foi o Simone, que é muito gente boa, envie um whats ou email pra eles, que vão rapidamente te responder:

Noleggio La Rosa dei Venti – Contato Simone

Telefone / whatsaspp: +39 328 4595697

http://www.noleggiorosadeiventi.it/

Para valores acesse: http://www.noleggiorosadeiventi.it/prezzi.html

O que fazer em La Maddalena
Nosso barquinho e o skipper mais gente boa da Sardenha, Simone

Como o passeio dura o dia todo e as praias não tem estrutura, leve algo para comer e beber. Eles oferecem passeios que você mesmo pilota o barquinho e outro que o skipper dirige. Sinceramente eu não quis me arriscar a pilotar, em Cala Gonone eu pilotei e foi super tranquilo, porém lá era uma praia do lado da outra, sem erro de se perder, mas já nesta como são diversas ilhas, não quis arriscar. Outro detalhe que vale mencionar é que é muito comum o mar estar agitado na Sardenha, com isso os passeios de barco podem ser cancelados, não deixe o passeio para o último dia, tente já fazer logo que chegar na ilha.

O que fazer em La Maddalena

O passeio é das 10:00 às 17:00hs, você pode parar em todas as praias que quiser para conhecer ou mergulhar, com exceção da Pink Beach que é área de proteção ambiental, infelizmente no passado turistas queriam levar até areia rosa de lembrança para casa, daí decidiram tomar essa medida drástica. Existe uma pessoa que mora lá, um Italiano apaixonado pelo lugar e que faz esse trabalho de graça apenas para preservar o local.

O que fazer em La Maddalena
Spargi – Cala Corsara

Tem muitas praias bem bonitas em todas as ilhas, então não se preocupe em parar em alguma em específico, de um mergulhe naquelas que gostar mais.

O que fazer em La Maddalena
Spargi – Cala Corsara (lembrando que nenhuma foto tem filtro ou edição)
O que fazer em La Maddalena
Pink Beach – A única que o barco não pode parar
O que fazer em La Maddalena
Budelli – Essa parte eu achei a mais bonita do passeio, incrível

O mar estava agitado e com isso a cor não estava no nível máximo de beleza, imagine se estivesse…

Caso você queira fazer o passeio saindo do porto de Palau, recomendamos a empresa Motonave Garibaldi, é um barco maior que também visita as mesmas ilhas, porém algumas delas não pode parar por causa do tamanho. Eles servem almoço incluido no passeio, vou deixar o contato deles.

Telefone / whatsaspp: +39 339 5252300

http://www.motonavegaribaldi.com/

O que fazer em La Maddalena
Motonave Garibaldi que sai de Palau
O que fazer em La Maddalena
Santo Estefano

A ilha que estava com a água mais bonita era a Budelli, esta nós nem paramos na praia e pedimos para o Simone ancorar no meio do mar porque era a parte mais bonita.

3º dia – Cala Napoletana, Caprese e pôr do sol

Nosso último dia em La Maddalena e também da viagem, partimos para outra praia paradisíaca de Caprera, Cala Napoletana. Para chegar, você tem que estacionar o carro perto do forte militar e fazer uma trilha bem tranquila que dura em torno de 35 minutos, essa não tem pedras igual a Cala Coticcio. Tem placa logo no início indicando o caminho, só comece a trilha depois que ver esta placa, nós começamos por um caminho que o Google deu, mas estava errado.

O que fazer em La Maddalena
Praia principal da Cala Napoletana

O que fazer em La Maddalena

O que fazer em La Maddalena
Segunda praia a direita da principal

A Cala Napoletana foi uma surpresa pra fechar a viagem com chave de ouro pois é bem bonita, água transparente, cristalina e sem ondas, ficamos umas 3 horas lá. A direita da praia principal, tem mais duas praias de fácil acesso, a primeira também é bem bonita e a segunda, que é bem pequena, estava cheia de alga então nem passamos nela.

De lá partimos para a Cala Caprerese, apesar de ser pertinho da Napoletana, não acho que valeu a pena. Por uns 5 minutos o acesso é cheio de pedras grandes que você não sabe nem o caminho, chegando lá a praia era bem normal, a água era transparente, mas por ter algas e areia mais escura, não parecia a Sardenha. Já ouvi de outra pessoa que foi lá faz alguns anos atrás e comentou também que a praia não estava bonita. De lá andamos 35 minutos de volta pela mesma trilha até chegar ao carro.

O que fazer em La Maddalena
Cala Caprerese

De lá partimos para a rota panorâmica para ver o pôr do sol, ela dá volta na ilha e tem por volta de 20 km, voltando de Capresa, logo que você atravessar a ponte para La Maddalena, terá uma placa indicando o início da estrada. Recomendo ir pelo menos com 1 hora te antecedência para achar um lugar legal, nós paramos um pouco antes da Spiaggia Bassa Trinita. Vi algumas pessoa que também viram o pôr do sol de Caprera.

O que fazer em La Maddalena

O que fazer em La Maddalena

Se você tiver com tempo sobrando no fim de todos os dias que estiver por lá, recomendo procurar diferente pontos da rota panorâmica, nós só conseguimos vê-lo no último dia, de Caprera também vale vê-lo.

Recomendações

Não faça as trilhas da Cala Cotticio e Napoletana / Caprerese no mesmo dia, eu estava com essa ideia e mudei rapidinho, mescle:

Dia 1 – Cala Coticcio, Due Mari, Andreanni e Del Rellito

Dia 2 – Passeio de barco pelas Ilhas Budelli, Spargi, Stefano e Santa Maria, fizemos a trilha da Brigantina que dura uns 20 minutos mas a praia não estava bonita, portanto não valeu a pena

Dia 3 – Napoletana, Caprerese e se quiser conhecer alguma praia de La Maddalena, Bassa Trinita (não conhecemos esta mas o hotel disse que era a mais bonita da ilha).

Programe-se para sempre ter comida e bebida logo quando sair do hotel, pois assim não perde tempo passando no mercado.

Não se preocupe em ser visto como “farofeiro”, na Europa é comum as pessoas comerem comida na praia (marmita), nós vimos uma família inteira comendo macarrão e deu aquela vontade, no dia seguinte lógico que levamos para praia também.

Acorde o mais cedo que conseguir para aproveitar bem as praias, lembre-se que durante a alta temporada todas elas lotam e você tem que garantir aquela foto sozinho(a) no paraíso.

Assim que forem surgindo perguntas, vamos atualizando os posts para ficar bem completo, boa viagem, ciao!

Planeje sua Viagem! Clique no banner para:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Seguir Luciano Correa:

Apaixonado por viagens e adora explorar novos destinos, seu último emprego no Brasil foi em banco, atualmente trabalha com marketing digital em Londres.

2 Responses

  1. Patrícia

    Oi tudo bem!!! Vocês alugaram carro em uma cidade e devolveram em outra. Como foi seu roteiro pela Sardenha? As fotos estão lindas. Estamos chegando em setembro.
    Agradeço se você puder responder.
    Atenciosamente,
    Patrícia

    • Luciano Correa

      Oi Patricia, tudo e você? Retiramos e devolvemos em Olbia Airport, faça uma cotação no Rental Cars, pois provável que devolvendo em um local diferente ficará mais caro. E obrigado pelo elogio, o lugar ajuda muito nas fotos. Como fomos em julho, tem alguns pots ainda pra subir, mas fora Gonone e La Maddalena, passamos rapidamente nas praias da Costa Esmeralda e perto de Porto Cervo, nos dois posts no site eu comentei os lugares que passamos. Em breve nosso roteiro estará no site, boa viagem e duvidas é so chamar.

Deixe uma resposta