Hvar : O que fazer na ilha ?

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja4

Hvar : Dicas e Roteiro

Para quem já está familiarizado com o blog, sabe que Hvar é minha ilha preferida no mundoooooo, simplesmente amo o clima desse lugar, desde as praias, o calçadão da orla, comida, pessoas e até baladas ( que nem são as melhores do mundo mas ficam incríveis nessa ilha). A ilha tem uma energia tão legal que até hoje eu não conheço ninguém que não tenha curtido conhece-la.

Hvar é uma ilha da Croácia, que fica na região da Dalmácia e é banhada pelo mar Adriático,  tem quase 300 km2 e é composta pelas cidades de Stari Grad, Jelsa, Sucuraj e a própria Hvar .

Se tornou a ilha mais badalada da Croácia e há tempos é considerada a nova Ibiza ( confesso que acho a vibe das duas beeeem diferentes) mas além de atrair um público realmente jovem durante o verão, a ilha também é uma delícia para casais e famílias, a infra estrutura é boa, a culinária local é excelente, tem turismo local e nem preciso falar do mar, né?! O Mar Adriático tem uma coloração de verde esmeralda que dificilmente alguma foto vai captar a realidade.

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja7

Você poderá chegar em Hvar de ferry boat e diversas ilhas e cidades do país fazem esse trajeto, a empresa Jadrolinija é a mais popular  e normalmente a que tem opções de horários mas existem algumas outras empresas também ( eu costumo consultar o site Croatia Ferries

Eu já fui para Hvar saindo de Split ( tem ferry o dia inteiro na alta temporada), saindo de Dubrovnik (é uma linha nova e ainda tem poucos barcos saindo por dia mesmo na alta temporada, não deixe para comprar na hora) e também de barco próprio, durante a The Yacht Week, mas nesse caso a maioria dos barcos atracam em Palmizana e não no porto de Hvar  ( que é caríssimo!!!).

Se você estiver de carro, em Split tem opção de ferry para carros e se tiver saindo de Dubrovnik você precisará dirigir até uma cidade chamada Drvenik ( 2 horas de estrada) e de lá pegar um ferry para transportes que atraca em Stari Grad ou Sucuraj. No porto de Hvar não atraca nenhum barco com carros.

 

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja11

( Riva)

para se hospedar não abra mão de ficar no centro de Hvar ( sim, as opções são bem mais caras) mas o custo benefício é compensador … se faz absolutamente TUDO a pé na ilha, o máximo que você irá precisar é de um barco ou táxi boat para conhecer as praias e ilhas próximas.

Aqui no blog tem post falando melhor sobre hospedagens na Croácia e em breve dou dicas das que já fiquei por em Hvar e adorei!!!

* O Nós na Trip é afiliado do Booking, se você está a procura de uma hospedagem na Croácia e fechar sua estadia por esse link ou pela caixinha amarela ali na barra lateral estará nos ajudando a manter o blog sempre com dicas e novidades, você não pagará nada a mais para isso mas nos deixará muito felizes! Obrigado. 

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja3

( Praça Principal)

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja2

( Catedral de São Estevão)

Hvar é uma ilha super charmosa e que você consegue conhecer em apenas um dia ( mas nem pense em fazer bate e volta!!!! É certeza que você irá se arrepender! ). Sua chegada provavelmente será pelo porto de Hvar que fica na Riva, o calçadão que disputa restaurantes e bares badalados com yachts incríveis um do lado do outro.

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja

( Mosteiro Franciscano)

Da Riva, caminhando para a pontinha da direita, você irá encontrar o Mosteiro Franciscano que é um lugar que só conheci dessa última vez que estive na ilha, o mosteiro existe desde 1461 e é um lugar bem bonito para fazer fotos. Na sua frente fica a única praia do centro da ilha ( que eu não sei o nome, rs) ela é bem pequena mas uma opção para quem não tiver tempo de pegar barco para conhecer as demais praias.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Foto: Visit Hvar

Já caminhando para esquerda, irá encontrar a Praça Principal e é nela que ficam os principais pontos turísticos da ilha, a Catedral de São Estevão, a Torre do Relógio e o teatro público (fica no edifício do Arsenal e tem uma vista bem legal lá de cima). Nessa praça também estão os restaurantes mais turísticos e menos charmosos, porém já comi em alguns e gostei.

Seguindo para a ponta esquerda da ilha, você irá passar por uma feirinha com produtos locais… lavandas, azeites, trufas e souvenir e láaaa no final fica o Hula Hula, o meu beach club preferido da vida!!! Já falei sobre o Hula Hula num post sobre os melhores beach clubs do mundo mas faço um post em breve para falar melhor sobre ele. Além de super animado no verão, nele você irá assistir um dos sunsets mais bonitos da sua vida!!

#DICANOSNATRIP: Bem pertinho do Hula Hula, fica a Lagoa Azul, um lugarzinho pouco conhecido, tranquilo e lindo… para chegar a praia é só passar o beach club e subir uns degraus de pedra, daí tem um trilha bem rápida até a praia. Super vale conhecer!!

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja13

( Hula Hula)

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja15

( Fortaleza Espanhola)

Outro lugar que vale muito conhecer é a Fortaleza Espanhola, que fica láaaaa no alto e tem uma vista linda de toda ilha e também das ilhas Pakleni, porém, das três vezes que estive em Hvar eu nunca subi na Fortaleza, rs.

Ela fica bem no alto de uma montanha ( da pra vê-la de longe na segunda foto desse post) e da para subir a pé ( prepara pra malhar a panturrilha) ou de carro!! A entrada para Fortaleza Espanhola custa 30 kunas.

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja6

Basicamente é isso que tem para turistar na cidade, no mais só curtir as praias e ilhas próximas e para quem gosta, as festas!!!!!

Um dos passeios que mais acho legal de fazer quando estiver em Hvar é o tour que passa pelas ilhas e grutas, são diversas empresas e trajetos e todas ficam ali mesmo na Riva, você pode escolher e fechar na hora. O roteiro que eu acho mais legal e que passa pelos lugares mais lindos são os que fazem a Blue e Green Cave, ilhas de Vis, Komiza e Palmizana.

#DICANOSNATRIP Nós fizemos esse tour com o pessoal da Hvar Tours ( faço um post explicando melhor em breve), nós fechamos ainda aqui no Brasil por indicação de uma amiga e gostamos muito!!! As lanchas são boas e o passeio leva entre 6 e 8 horas ( o  nosso levou 8) e eles param tempo suficiente em cada lugar para você aproveitar. Esse passeio custa 65 euros por pessoa na alta temporada.

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja9

( Carpe Diem Beach Club)

Outro passeio que eu adoro são pelas ilhas Pakleni, que é formado por um arquipélago de 20 mini ilhas e todas podem ser acessadas por táxi boats que saem da Riva o dia inteiro! As ilhas mais conhecidas e mais bacanas para visitar são a Stipanska ( que tem o Carpe Diem Beach Club) , Jerolim ( praia de nudismo), Zdrilca ( a mais tranquila de todas, mesmo na alta temporada) e Palmizana ( a mais famosa pela infra estrutura). Pelo valor de 100 kunas ( uns R$50,00) os barquinhos te deixam na ilha e costumam passar de meia em meia hora, com o ticket da passagem em mãos você pode pega-lo para conhecer quantas ilhar quiser!!

#DICANOSNATRIP Outra ótima opção e econômica se tiver em grupo é alugar um barquinho a motor, que não precisa de licença ( eles costumam ser bem lentos), para conhecer as ilhas Pakleni! Em frente a Riva também tem diversa empresas que alugam, não indico nenhuma porque confesso que nunca tive coragem pra conduzir um barco hahahaha, mas todos dizem ser muito tranquilo. A diária sai em torno de 100 dólares e na hora você recebe uma breve explicação de como conduzir.

PS. A moeda usada em Hvar é sempre a Kuna mas é bem comum eles darem o preço em dólar ou euro ( acho que é pra gente ter uma noção melhor, rs). 

baladas-em-hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja12

(Carpe Diem Beach Club)

E a noite? O que fazer na ilha ?? Já respondi essa pergunta em um post super completinho para quem está em busca de baladas em Hvar mas já adianto que entra ano e sai ano a sequência de festas é sempre a mesma… sunset no Hula Hula, esquenta no Kiva Bar e balada no Carpe Diem ( aquele mesmo da foto da boia amarela… ele vira um outro ambiente completamente diferente a noite e vale muito conhecer nos dois horários ).

Fora as festas, Hvar é recheado de bons restaurantes, para quem gosta de frutos do mar a culinária croata é incrível e os vinhos da região uma delícia também!! Por aqui eu já falei do Passarola que é meu preferido e do Giaxa, que também é ótimo! Além desses eu ainda indico o Divino e o Gariful. 

hvar-croacia-nos-na-trip-erica-camargo-viaja16

Se ainda tiver com tempo na ilha, alugue uma scooter e vá conhecer …

  • As praias de Milna e Dubovica – são as mais próximas a Hvar ( uns 10 km)
  • Stari Gradi: a cidade mais antiga da ilha e fundada em 384 A.C
  • Jelsa : vale conhecer por estar no caminho e tem bons restaurantes por lá
  • Vrboska : é considerada a Little Venice de Hvar
  • Brusje : é onde ficam os lindos campos de lavanda da ilha ( a melhor época para ve-los bem carregados costuma ser final de junho mas assim que chegar na cidade pergunte se já foram colhidos para não correr o risco de perder a viagem).

Perguntas Frequentes :

  • Existe opção mais econômica de hospedagem na alta temporada, pois os poucos hotéis são caríssimos??!!

Sim, é muito comum as pessoas alugarem apartamentos ou quartos em Hvar e nós achamos um ótimo custo benefício. Se quiser economizar ainda mais indicamos o Hostel Marinero, ele fica em cima do Kiva Bar, ou seja, é hostel para quem não quer dormir cedo hahahahaha mas é muito bom.

  • A ilha tem baladas incríveis igual Ibiza e Mykonos ?

Não!!! As baladas são MUITO BOAS, animadas, galera jovem, bonita, a ilha é curtição o dia inteiro mas tem uma vibe bem diferente das festas frenéticas de Ibiza ou Mykonos. Não me entendam mal, as festas são boas SIM ( não é a toa que é minha ilha preferida, rs) mas muito diferente das duas ilhas que ela é sempre comparada.

  • A ilha é cara ??

Eu nunca sei como responder essa questão direito porque caro e barato é muito pessoal… mas acho Hvar uma ilha cara sim ( e o lugar mais caro do país) inclusive os preços das bebidas são altos e costumam ser um de dia e praticamente dobram a noite, rs. Hoje, 1 euro vale 7,5 kunas e para você ter uma ideia básica, uma água na cidade custa em torno de 15 kunas, a cerveja, 40 kunas, 1 litro de drink no Hula Hula em torno de 200 kunas, entrada para o Carpe Diem a noite 120 kunas,  um sanduíche ou pizza na padaria 30 kunas,  um prato principal em um bom restaurante 200 kunas sem bebida e um jantar completo para um casal num dos melhores restaurantes da cidade não sai por menos de 3 mil kunas!

  • Qual a melhor época para visitar ?

Depende… se você está lendo esse post em busca de praia agitada, festas e diversão, sem dúvida, o melhor mês é agosto!!! Eu já fui em julho, agosto e setembro e o mês que maaaaais amo é o mais agitado, exatamente nas férias dos europeus!! A cidade fica lotada, é uma festa o dia todo, vários barcos da The Yacht Week chegam toda semana na ilha deixando ainda mais animada e o calor é super suportável ( diferente de Dubrovnik). Agora, se você só quer aproveitar sua praia sossegado, jantar em um bom restaurante e ok, até ver um movimento mas sem super lotação, os meses de junho e setembro também são excelentes para se divertir mas com um pouco mais de sossego. Fora de temporada, entre meados de outubro e meados de maio, vários estabelecimentos não abrem na ilha.

 

 

 

Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

2 Responses

Deixe uma resposta