Guia dos Lençóis Maranhenses

 

lencois maranhenses nos na trip

Guia dos Lençóis Maranhenses : Dicas para planejar sua viagem

Já começo o post com a primeira dica sobre os Lençóis Maranhenses... não existe nenhuma foto ou vídeo que mostre a real grandeza e beleza desse lugar, ou seja, assim que você subir a primeira duna, esqueça o celular ou câmera fotográfica por alguns minutos e apenas contemple a paisagem… é somente essa lembrança que você precisa ter desse paraíso.

Sério, poucos lugares no mundo me deixaram tão impressionada ( e emocionada) quanto os Lençóis Maranhenses, apesar de ser um lugar que eu já queria conhecer, já tinha visto diversas fotos, vídeos, já tinha achado o lugar incrível mas não fazia ideia do quão surreal é aquele visual infinito de dunas branquinhas emaranhados por lagoas com águas cristalinas formadas pelas chuvas.

lencois maranhenses nos na trip erica camargo 2

Como chegar nas cidades base ?

A maneira mais fácil de chegar aos Lençóis é saindo de São Luís e inclusive já fiz um Guia do Maranhão aqui no blog com dicas de como chegar em São Luis e de lá chegar em Barreirinhas, que é a cidade com mais infraestrutura para quem deseja conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Em São Luis você pode escolher seguir para as cidades de Barreirinhas, Atins ou Santo Amaro para que uma dessas sejam sua base para conhecer o parque.

A maneira mais prática e rápida ( e a única sem perrengue para chegar nos Lençóis) é alugando um avião monomotor ( ok, retiro a parte do “sem” perrengue) para até quatro pessoas no aeroclube de São Luís. A viagem dura em média 1 hora e pousa no aeroporto de Barreirinhas ( que só possui pista para aeronaves pequenas) e a maior vantagem é poder avistar o quão imenso e lindo são os Lençóis lá do alto!! Deve ser uma experiência inesquecível!!!

Indo de carro, você poderá apenas chegar nas cidades mas não poderá visitar o parque, pois apenas veículos cadastrados tem autorização de entrar no parque dos Lençóis Maranhenses, ou seja, de qualquer maneira você precisará contratar um passeio quando chegar.

De São Luís para Barreirinhas  você irá pegar as rodovias BR-135 e BR-402, a Translitorânea, em 272 km de estradas asfaltadas e umas quatro horas de viagem. No geral é uma viagem tranquila, apesar de um pouco longe.

Atins é para quem deseja uma experiência mais roots porém não é possível chegar até a cidade de carro, você deverá ir até Barreirinhas, deixar seu carro em um estacionamento e de lá pegar um transporte local até a cidade ou então seguir de barco.

Para Santo Amaro também não é fácil, apenas veículos 4×4 chegam na cidade e você deverá seguir pela rodovia BR-135 até Bacabeira, depois pela MA-110 até Morros e, de lá, pela Translitorânea até Sangue, no KM 101. A partir daí somente com 4×4 mesmo porque são 40 km de estrada de areia até chegar a Santo Amaro.

Outra opção é o ônibus que sai de São Luís até Barreirinhas, a empresa Cisne Branco faz esse trajeto diariamente e a viagem leva em média 4:30h.

E há ainda a opção de contratar um traslado em São Luis ( que foi o que eu fiz) para apenas te levar até Barreirinhas ou também para fechar um pacote com todos os passeios inclusos. Quem fez meu translado foi a empresa Gekos Receptivo, que tem ótimas vans e motoristas e super recomendo eles, achei essa maneira mais prática e confortável do que ir de carro ou ônibus.

lencois maranhenses nos na trip 3

O que fazer, onde se hospedar, onde comer em Barreirinhas ?

Vou falar apenas de Barreirinhas porque foi a cidade que eu fiquei e também a com mais infraestrutura para receber os turistas que querem conhecer os Lençóis Maranhenses.

Barreirinhas é uma cidade super simples, de verdade, tem algumas pousadas bonitinhas, um resort ( que foi o que eu fiquei), alguns restaurantes bacanas na beira do Rio Preguiça, outros que valem conhecer dentro das pousadas, alguns mercadinhos, agências bancárias, um comércio local simples e só… não espere muito da cidade.

O hotel que eu fiquei e recomendo por lá é o Gran Lençóis flat residence, ele é um resort quatro estrelas, bem bacana para famílias com crianças, que oferece uma boa área de lazer com uma excelente piscina ( o bar dentro da piscina ganhou meu coração, saudades das caipirinhas de lá), sauna, salão de jogos, brinquedoteca e dois restaurantes. Os quartos são amplos com ar condicionado, tv, varanda, frigobar e wifi grátis ( mas que é praticamente inexistente –  não só no hotel mas em toda cidade). Achei o lugar agradável, além de ser considerado um dos melhores hotéis da cidade.

* O Nós na Trip é afiliado do Booking, se você está a procura de uma hospedagem em Barreirinhas e fechar sua estadia por qualquer link desse post ou pela caixinha amarela ali na barra lateral estará nos ajudando a manter o blog sempre com dicas e novidades, você não pagará nada a mais para isso mas nos deixará muito felizes! Obrigado 🙂

lencois maranhenses nos na trip 5

lencois maranhenses nos na trip 4

para comer, eu indico um dos restaurantes do próprio hotel, o La Maison du Chef, que fica a beira do Rio Preguiça, num ambiente charmoso e bem legal para um almoço. Lá eu almocei um bife com queijo coalho derretido e um arroz típico da região ( mas não lembro o nome dele, rs).

Outro restaurante que também fica dentro de uma pousada mas tem um ambiente muito agradável, além de ser uma delícia é o o Bambaê, que fica na pousada Encantes do Nordeste. O Bambaê é um dos mais conhecidos da cidade e apesar de eu ter ido jantar por lá, super vale ir durante o dia pois o visual do Rio Preguiça parece ser muito lindo de lá. No Bambaê eu pedi um peixe grelhado ( que estava muuuuuuito bom e super fresco), salada, arroz com açafrão e purê de batatas. Um prato simples mas que realmente estava super saboroso. ( a isca de peixe deles também é muito boa).

Já no centrinho da cidade, as margens do Rio Preguiça, é possível encontrar diversos restaurantes e bares, inclusive alguns mais animadinhos com música ao vivo. Lá eu conheci o Restaurante Canoas, que tem vários petiscos bem gostosos, caipirinhas com frutas típicas e um camarão no abacaxi que estava mara! Achei o lugar bem bacana para petiscar e tomar uns drinks a noite.

PS. Como estávamos sem carro em Barreirinhas e os táxis são bem escassos, quem nos levou aos restaurantes foi o pessoal da Tropical Adventure, uma agência de turismo, que nos pegou no hotel com um carro que é tipo uma jardineira ( é um 4×4 adaptado) e percebi que é um transporte super típico da região.

lencois maranhenses nos na trip erica camargo 6

Como chegar nos Lençóis Maranhenses ?

Já aviso que é perrengue chegar ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses mas ok, super vale o perrengue hahahaha.

Também já falei que não é possível entrar de carro no Parque né?! Sendo assim, apenas carros cadastrados podem ter acesso e com isso você obrigatoriamente deve contratar um passeio, que leva em geral uma manhã,  uma tarde inteira ou podem ser divido em vários dias. Como eu só tinha um dia inteiro ( cheguei na sexta a tarde e fui embora no domingo a tarde), optei por fazer meio dia de parque e outro dia de Rio Preguiça e no parque preferi ir durante a tarde pois quis pegar o pôr do sol por lá e certamente foi minha melhor escolha!!!

As empresas que fazem esse passeio em Barreirinhas usam basicamente uma jardineira ou um carro 4×4 e pelo que vi o serviço de todas são bem parecidos.

Quem fez esse passeio comigo foi a empresa Barreirinhas Adventure, que me pegou no hotel por volta das 13h com uma jardineira (igualzinha a que eu usei para ir para os restaurantes na cidade). Não é um transporte super confortável tão pouco super seguro mas vamos lá… adrenalina às vezes faz bem hahahahaha. ( o retorno ao hotel é por volta das 20h). 

A primeira parte do percurso é do hotel até o Rio Preguiça, onde se faz a travessia em uma pequena balsa, até o outro lado do rio. Todos devem sair dos carros e o trajeto leva menos de 10 minutos ( em breve vou subir o próximo episódio da série do Maranhão lá no youtube e mostro melhor como é essa jardineira e todo esse passeio). A segunda parte do percurso é terror e pânico hahahahaha prepare-se para um ” rally dos sertões”  sacolejando por uns 45 minutos ( ou mais) em estrada de areia, passando por pontes de madeira e riozinhos no meio do caminho, até finalmente avistar um paredão de areia gigante láaaaa na frente e pensar… enfim, to chegando!!!

lencois maranhenses nos na trip erica camargo 7

 

A terceira parte do percurso é aquela que você para e pensa WTF ?? É sério que vou ter que escalar isso ?????

O passeio que eu fiz foi para a Lagoa Bonita e a jardineira estaciona bem abaixo do paredão de dunas e nesse momento você olha pro alto e descobre que terá que escalar a imensa duna de areia super fofa de apenas 60 metros de altura se quiser realmente chegar as lagoas. Pra quem não tem preparo físico ( de atleta, rs) tem uma corda em toda extensão da montanha que te ajuda a levar até lá em cima ( não me recordo de ter visto alguém subindo sem essa corda, além dos caras que trabalham no local).

Sabe aquela frase ” O caminho ao topo existe, mas se você não tentar escalar, nunca terá a visão que tem as estrelas” … então, ela nunca fez tanto sentido hahahahahaha porque ao mesmo tempo que você chega lá em cima exausta e com as pernas tremendo o primeiro visual é tãooooo impactante que no mesmo segundo esquece todo e qualquer perrengue que passou para chegar naquele paraíso !!

Bem vindos aos Lençóis Maranhenses !!

Ps. Perguntei ao nosso motorista como eles faziam com os idosos, já que em nenhum momento imaginei meus pais subindo aquelas dunas, rs, e ele explicou que próximo daquela subida existe um caminho onde os carros conseguem subir até lá em cima e desembarcar as pessoas mas somente nesses casos eles são autorizados a subir.

lencois maranhenses nos na trip erica camargo 7

As Atrações:

As atrações mais famosas chegando no Lençóis Maranhenses por Barreirinhas são a Lagoa Azul e a Lagoa Bonita, que também vem a ser as duas atrações mais famosas de todo parque nacional. Como as duas lagoas ficam em lugares diferentes, os passeios podem ser feitos em dias separados ou conjugados no mesmo dia, de preferência colocando a Lagoa Azul para parte da manhã para poder assistir o incrível pôr do sol da Lagoa Bonita.

A Lagoa Azul é uma imensa lagoa com diversos tons de azul que pode chegar a até três metros de profundidade dependendo da quantidade de chuvas no período de cheias. Junto com esse passeio também é possível conhecer as lagoas da Preguiça, Esperança e da Paz.

Já a Lagoa Bonita ( aquela que você precisa subir o paredão de dunas) é, como diz o nome, a mais bonita do parque e aquela que a gente mais vê fotos por aí, é realmente linda e quando eu fui tive uma super sorte de estar bem cheia pois havia chovido bastante nas semanas anteriores. Próxima a ela, tem diversas outras pequenas lagoas e estavam todas cheias, o que deixou o visual ainda mais incrível e inclusive a Lagoa do Clone, sim, a lagoa onde foi gravada a famosa cena do encontro do Albieri com o Léo, da novela O Clone ganhou esse nome e assim é conhecida até hoje.

A Lagoa Bonita, costuma ter um grande movimento de pessoas, principalmente quando as outras lagoas menores não estão cheias de água, porém quando eu fui, todas as outras lagoas estavam bem cheias, o que acabou dispersando as pessoas e durante um booooom tempo tivemos ela apenas para mim e meu grupo de amigos!!!

lencois maranhenses nos na trip erica camargo 9

Na foto, os blogs: Na Mochila do Chris, Estevam pelo Mundo, Na Placa Blog, Frecinha (para Fantrip), Quero Viajar Mais, eu e Esse Mundo é Nosso.

Quando ir ?

Conhecer os Lençóis Maranhenses é uma experiência incrível com as lagoas cheias ou não tão cheias mas tenho certeza que com elas bem cheinhas, do jeito que eu peguei, é ainda mais surreal e mais especial, por isso acho importante saber quais os melhores meses para conhece-la.

A alta temporada são entre os meses de junho até início de setembro, são os meses de cheia e a melhor época para conhecer os Lençóis, massss se tratando de natureza, tudo pode mudar, logo, fique ligado no tempo, nas chuvas e na previsão quando você estiver fechando sua viagem para lá.

Os meses de janeiro a maio é o período de chuva, principalmente entre os meses de março e abril, dois meses que acho legal evitar de marcar sua viagem, caso não queira ser surpreendido por um baita chuva que provavelmente irá cancelar seu passeio.

Eu conheci os Lençóis no mês de maio, ainda considerado período de chuva e dei muuuuita sorte, pois até a semana anterior a minha viagem estava chovendo demais na região, o que por um lado foi perfeito pois deixou as lagoas super cheias mesmo antes do início da temporada, já por outro, eu poderia ter tido o azar de pegar essas chuvas lá no meio do caminho e acabar perdendo o passeio.

A partir de outubro começa a seca e acredito que seja um visual bastante diferente porém também interessante mesmo com praticamente todas as lagoas vazias. Nessa época, infelizmente não existe chance de ver quase nenhuma lagoa cheia, uma das exceções é a Lagoa da Esperança que tem uma parte margeada pelo Rio Negro.

lencois maranhenses nos na trip erica camargo 10

O que é imperdível ?

  • Lagoa Bonita – a atração mais famosa dos Lençóis Maranhenses, se tiver sorte de pegar ela cheia, o visual é realmente incrível.
  • Lagoa Azul –  chama atenção pelos diversos tons de azul que ela tem.
  • Pôr do sol na Lagoa Bonita – é simplesmente mágico!!! Todos sentam nas dunas para apreciar os últimos raios de sol sob aquelas areias branquinhas.
  • Tapioca na Lagoa Bonita – na descida das dunas, tem umas barraquinhas que vendem comida e bebida, não deixem de comer a melhor tapioca da sua vida!! Foi a tapioca mais simples que eu comi, porém a melhooooor, sem dúvida!! Ela tem apenas dois sabores, na manteiga ou no leite condensando #simplesassim.

Todos os posts sobre os Lençóis Maranhenses

Planeje sua viagem!!! Clique no banner para:

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map

ASSISTA NOSSOS VÍDEOS NO MARANHÃO:

Image Map

 

Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

3 Respostas

  1. […] Guia dos Lençóis Maranhenses  […]

  2. […] você chegou a esse post porque está se programando para conhecer os Lençóis Maranhenses, pode colocar o passeio no Rio Preguiça no roteiro porque super vale a […]

  3. Na próxima aventura nos Lençóis Maranhenses venha curtir o Trekking na travessia do Parque Nacional e passear de bicicleta num circuito fantástico nas dunas. E no Rio Preguiças temos atividades náuticas num passeio de lancha praticando SUP Stand Up Paddle.
    Parabéns pelo magnifico texto.
    Alexandre Ugarte

Deixe uma resposta