Guia do Maranhão

guia do maranhao nos na trip erica camargo

Guia do Maranhão: Dicas para planejar sua viagem

Maranhão era um estado que estava nos meus pensamentos há algum tempinho, mais precisamente depois que conheci o Chris ( do blog Na Mochila do Chris) que sempre postava fotos de lugares lindos ( e pouco explorados) por lá! Tempos depois recebo um super convite do próprio Chris e da Secretária de Turismo do Maranhão para conhecer São Luis e os Lençóis Maranhenses … amei!!

O estado nordestino que faz divisa com Pará, Tocantis e Piaui ( e também fica colado no Ceará) tem uma grande diversidade em sua paisagem, com praias tropicais, florestas, cerrado, mangue e o único deserto no mundo com milhares de lagoas com águas cristalinas ( os Lençóis Maranhenses foi um dos lugares mais incríveis que já vi na vida!!!!). E sua capital, São Luis, me surpreendeu com a qualidade da gastronomia e a história da cidade.

E além das belezas que conheci, como a cidade histórica de São Luis e os Lençóis Maranhenses, outros lugares incríveis (que estão na minha listinha) você também encontra no Maranhão como a Chapada das Mesas, o Delta do Parnaíba e a Floresta dos Guarás.

guia do maranhao nos na trip 2

Como Chegar ?

Quem vai para o Maranhão costuma ir de avião e chega pelo aeroporto internacional de Marechal Cunha Machado, em sua capital, São Luís. Até os estados que fazem divisa com o Maranhão são bem distantes uma capital da outra e com isso, o mais comum, também é o deslocamento de avião.

A maioria dos aeroportos no Brasil fazem voos para São Luis, como o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Belém, Brasilia, Teresina entre outros.

Chegando no aeroporto, a maneira mais cômoda de se deslocar para o centro da cidade, em São Luís é de transfer ou táxi. Eu utilizei o serviço de translado da Gekos Receptivo ( que aliás, me levou para vários outros lugares na cidade e também fez meu translado São Luis X Barreirinhas – nos Lençóis Maranhenses) e adorei!!!! As vans são novas e modernas e os motoristas são ótimos!!! Super recomendo.

Já de táxi, o trajeto leva em torno de 30 minutos até o centro ( e uns 40 minutos até Ponta d’Areia) e o valor cobrado é entre R$ 50 e R$ 65 dependendo de onde você vai se hospedar.

A maneira mais econômica é de ônibus, como não usei, confesso que não faço ideia de como são os ônibus em São Luis mas a linha São Cristovão te leva até o centro da cidade de 5h às 22h e tem parada próximo ao centro histórico.

E a outra maneira de chegar no estado é fazendo a Rota das Emoções, que compreende os estados do Maranhão, Piauí e Ceará e suas belezas como os Lençóis Maranhenses, Jericoacoara, Delta do Parnaíba entre outros, todo o trajeto pode ser feito de carro ou ônibus entre uma cidade e outra.

guia do maranhao nos na trip erica camargo 3

A capital: São Luis

São Luis é uma ilha com mais de 1 milhão de habitantes e tem um jeito bem singular. Ela foi fundada por franceses, invadida por holandeses e finalmente colonizada por portugueses e essas três referencias são tão visíveis na cidade quanto a cultura afro, o popular reggae e o famoso guaraná Jesus.

guia do maranhao nos na trip 4

Onde se hospedar ?

Mesmo que seu destino final no Maranhão seja os Lençóis, a Chapada ou qualquer outro lugar, possivelmente você ficará pelo menos um noite em São Luis, e eu super indico uns dois diazinhos na cidade para conhecer o centro histórico e a gastronomia.

O melhor lugar para se hospedar em São Luis é a Praia da Ponta d’Areia, onde tem as melhores opções da rede hoteleira, sem falar que fica pertinho da Lagoa Jansen, onde ficam os melhores restaurantes e bares da capital.

Eu me hospedei no Brisamar Hotel, considerado um dos melhores 4 estrelas da região, entre a Lagoa Jansen e a praia Ponta d’Areia e uns cinco minutos de carro do centro da cidade!! Super bem localizado!!

Outros bons bairros da região são a Lagoa Jansen e a Praia do Calhau ( para quem quiser curtir praia porque é um pouquinho mais afastado do centro). Já o centro da cidade, confesso que não achei um bom lugar para se hospedar, vários pontos do centro não são bem conservados e senti um pouco de insegurança rodando por lá.

* O Nós na Trip é afiliado do Booking, se você está a procura de uma hospedagem em São Luis do Maranhão e fechar sua estadia por qualquer link desse post ou pela caixinha amarela ali na barra lateral estará nos ajudando a manter o blog sempre com dicas e novidades, você não pagará nada a mais para isso mas nos deixará muito felizes! Obrigado 

guia do maranhao nos na trip 5

Como se locomover ?

As melhores opções para rodar pela cidade de São Luis são táxi, alugar um carro ou contratar passeios com um receptivo. Tanto para se deslocar pela cidade quanto para seguir para as outras atrações do estado como os Lençóis Maranhenses, ou Chapada das Mesas são essas as melhores opções.

Durante toda minha estadia em São Luís, eu usei os serviços da Gekos Receptivo, que me levou para conhecer o centro histórico (com direito a um guia supimpa que sabia absolutamente tudooooo da cidade e região), me levou a restaurantes, me levou as Fronhas Maranhenses e fez meu translado para os Lençóis Maranhenses que ficam a 250km da capital. Eles também fazem o translado e tem pacotes para a Chapada das Mesas, Barreirinhas, Atins e Santo Amaro ( que são as cidades base para os Lençóis).

Confesso que não sei como funciona o transporte público para rodar na cidade, qual estado de conservação dos ônibus e a frequência das principais linhas.

São Luis X Lençóis Maranhenses:

De São Luis para os Lençóis Maranhenses ( farei um guia sobre o Lençóis mais detalhado, pode deixar), você pode ir de ônibus, carro, fretar um avião ou contratar o passeio com uma agência de turismo.

De ônibus, é a empresa Cisne Branco que faz esse trajeto até Barreirinhas e leva em torno de 4:30h.

Alugando um carro, você poderá escolher entre as cidades base Barreirinhas, Atins ou Santo Amaro, porém nenhum carro de passeio é autorizado a entrar no Parque dos Lençóis, ou seja, você obrigatoriamente precisará contratar algum passeio para conhecer o parque. Além disso, em Atins só é possível chegar de 4×4 ( ou de barco) e em Santo Amaro, todos os carros ficam em um estacionamento e de lá você pega um transporte local até sua hospedagem.

Ou seja, acredito que carro só valha a pena caso você esteja fazendo a Rota das Emoções.

Já com uma agência, que foi como eu fui ( você pode contratar só o translado – foi o que eu fiz –  ou fechar também os passeios), toda a logística acaba sendo mais prática. Já falei ali em cima mas quem me levou até Barreirinhas foi a Gekos Receptivo.

São Luis X Chapada das Mesas

A Chapada das Mesas fica a 870 km de São Luis (beeeem longuinho, rs) e você pode ir de avião ou ônibus até a cidade de Carolina.

De avião, você levará 1 hora de voo até a cidade de Imperatriz e de lá poderá alugar um carro,  ir de ônibus ou contratar um transfer até a cidade de Carolina que está a 220km ( A Gekos Turismo faz esse translado e também os passeios).

Já de ônibus, quem te leva é a Viação Açailândia que faz o trajeto até Carolina em 15 horas.

 

guia do maranhao nos na trip 6

Quando ir ?

Eu sempre achei que assim como boa parte do Nordeste, o Maranhão, fosse um lugar perfeito para conhecer o ano inteiro mas o período de chuvas por lá, que é entre janeiro e maio não é indicado, porque chove meeeeeesmo, principalmente para quem deseja conhecer os Lençóis Maranhenses.

Eu fui em meados de maio, período ainda chuvoso, e dei uma super sorte porque até três semanas antes da minha viagem para São Luis não parava de chover todos os dias. Quando cheguei lá, só peguei dias ótimos ( e quentes, bem quentes, rs) e essa chuvarada toda foi perfeita para encher as lagoas dos Lençóis… muito obrigada, São Pedro!!! rs.

Para quem curte São João regado a muito bumba-meu-boi, programe-se para ir na segunda quinzena de junho. Já para quem não quer perder a festa do Divino, em Alcântara, ela acontece exatamente quarenta dias após a Páscoa.

guia do maranhao nos na trip erica camargo 7

O que é imperdível ?

  • Centro Histórico de São Luis – apesar de não estar tão bem conservado, a história e os prédios valem muito conhecer, além das casas com azulejos portugueses legítimos
  • Fronhas Maranhenses – fica no município de Raposa e são uma miniatura dos Lençóis, vale o passeio!
  • Lençóis Maranhenses – não pode faltar no seu roteiro essa imensidão de areia com lagoas espalhadas por tudo quanto é canto com águas cristalinas, é simplesmente incrível.
  • Chapada das Mesas – imperdível para quem curte ecoturismo. Ainda não é tão explorada turisticamente mas tem paisagens lindas
  • Casa de Juja – o melhor restaurante que conheci em São Luis fica na casa da própria chef, só atende com reserva antecipada, é super charmoso, aconchegante e a comida…. hummmm ( conto melhor no próximo post, rs).

 

Aqui você encontra todos os posts sobre o Maranhão:

 

Planeje sua viagem !! Clique no banner para:

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map

ASSISTA NOSSOS VÍDEOS NO MARANHÃO:

Image Map

 

 

Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

4 Responses

  1. Passeio no Rio Preguiça - Nós na Trip

    […] O Maranhão mais uma vez me surpreendeu com passeios e lugares que nunca tinha ouvido falar, rs… primeiro foram as Fronhas Maranhenses e agora esse passeio pelo Rio Preguiça, que confesso que a princípio achei que fosse um saco, só de pensar que estaria num barquinho percorrendo o rio e olhando para fauna e flora local durante um dia inteiro… […]

Deixe uma resposta