Guia de Santiago do Chile

santiago do chile guia nos na trip erica camargo viaja

Guia de Santiago: Dicas para planejar sua viagem

Já da janelinha do avião é possível imaginar o que nos espera na cidade de Santiago! O avião passa bem pertinho das Cordilheiras do Andes e é impossível não admirar seus picos nevados, mesmo no verão… não esqueça de sentar em uma das janelas, hein?!!

Santiago é a maior cidade e capital do Chile e assim que você desembarca já é possível observar a cidade moderna, limpa, arborizada e desenvolvida que é!  A cidade é grande, cheia de pontos turísticos bacanas, diversas atrações para todos os tipos de viajantes, como museus, parques, vinícolas, restaurantes descolados e boas baladas, além de ficar super próximo a cidades de praia, parques naturais, montanhas e estações de esqui, o que faz de Santiago ser perfeita para ser visitada o ano inteiro.

santiago do chile

COMO CHEGAR ?

Saindo do Brasil, a opção mais prática e comoda, sem dúvida, é de avião. A Latam opera voos diretos e são apenas quatro horinhas do Rio de Janeiro até Santiago. Outra coisa boa é que constantemente aparecem promoções de passagens aéreas por lá! É só ficar de olho em sites como Melhores Destinos e Passagens Imperdíveis e não perder a chance de comprar passagem com bom preço.

Para viajar para o Chile, você precisará de seu passaporte ou de uma carteira de identidade recente ( com até 10 anos após a emissão), chegando em Santiago, o controle de passaporte é super tranquilo e você receberá um cartão internacional de entrada e saída ( não perca isso!!!).

O aeroporto internacional de Santiago, Comodoro Arturo Merino Benítez, é um dos mais importantes da América Latina e recebe voos de todos os continentes. O aeroporto é grande, moderno e oferece diversas opções para se deslocar até a cidade que fica a apenas 15 km de distância.

Vou fazer um post explicando direitinho todas as maneiras de sair do aeroporto e quanto custa cada uma delas mas já adianto que tem opções para todos os bolsos, como de ônibus, ônibus executivo, táxi, transfer privativo e transfer compartilhado.

No próprio aeroporto você já pode trocar suas primeiras moedas ( troque apenas o necessário pois o cambio na cidade costuma ser melhor, principalmente no centro da cidade, na rua Augustinas). Eu levei reais para trocar por pesos chilenos mas ás vezes o cambio do dólar para pesos chilenos está valendo mais a pena, confira antes de trocar sua moeda. Ah, e não vale trocar aqui no Brasil não, o cambio aqui costuma ser péssimo.

Outra opção de chegar a Santiago é de carro, mas aí é para a galera bem aventureira mesmo e que também tem bastante tempo sobrando, rs , a rota mais utilizada é saindo de Foz do Iguaçu, passando por Mendonza, na Argentinha e atravessando a fronteira para o Chile. De Mendonza para o Chile são apenas duas horas de carro.

santiago do chile nos na trip

GUIA RÁPIDO DE BAIRROS (turísticos) :

  • CENTRO – história e modernidade se fundem no centro de Santiago. Aqui é possível conhecer o Palácio de la Moneda, Plaza de Armas, museus e mercado central, tudo a pé!
  • PROVIDÊNCIA – próximo ao centro histórico, Providência é o centro comercial de Santiago e isso faz dele um bairro super agitado, moderno, repleto de comércio, restaurantes, bares e as melhores baladas… é o bairro mais cool de Santiago. Aqui é possível conhecer o Sky Costanera e Parque de las Esculturas a pé.
  • LAS CONDES – bairro residencial e mais afastado do centro, é o bairro mais chique da cidade com hotéis 5 estrelas, lojas de grifes e restaurantes renomados. Os shoppings Parque Arauco e Mall Alto Las Condes ficam aqui.
  • BELLAVISTA – é o bairro mais boêmio da cidade, talvez por estar muito próximo a algumas faculdades, é o lugar da galera mais jovem, festeira mas não achei os bares tão charmosos quanto os da Providência. Aqui fica o Patio Bellavista, uma galeria a céu aberto super bacana com diversos restaurantes, bares e muito bem frequentado. Daqui se vai a pé para o Cerro San Cristóbal e La Chascona.
  • LASTARRIA – é o bairro mais alternativo de Santiago, bairro dos artistas, da galera descolada e fica colado a Bellavista. Aqui você encontra lojas criativas, novos designers e os museus de Artes Visuais e Arqueológico.

santiago do chile guia nos na trip erica camargo viaja2

ONDE SE HOSPEDAR ?

Confesso que demorei um pouco para decidir em qual bairro eu gostaria de me hospedar em Santiago mas a única coisa que eu tinha em mente era… preciso que seja próximo ao metrô!! Essa era minha principal exigência, afinal, esse é o meio de transporte mais utilizado na cidade.

Depois de muito pesquisar, acabei me interessando por três bairros, Providência, Las Condes e Bellavista.

Providência por ser o mais cool e agitado da cidade, com diversos restaurantes famosos, bares animados, happy hour, muito comércio e bem próximo ao centro. Las Condes por ser o mais chique, um bairro residencial, onde ficam os melhores hotéis da cidade, diversas lojas de grife e bem mais tranquilo que seu vizinho. E por fim Bellavista, por ser o mais boêmio, próximo as faculdades e repleto de bares e festinhas, além de ficar colado a Lastarria.

Acabei decidindo dividir minha estadia de 4 dias em dois bairros, Providência e Las Condes! ( a título de curiosidade, não existe a menor necessidade de você dividir sua estadia, fiz isso apenas para gerar mais conteúdo e informações para o blog mas é perfeitamente possível conhecer toda cidade se hospedando em apenas um bairro e se locomovendo para os demais).

Em Providência, optei ficar em um apartamento. Sempre gosto de alugar apartamentos em áreas residenciais quando viajo, acho que assim consigo conhecer, um pouquinho que seja, do dia a dia dos locais, rs, além de ter mais liberdade! Escolhi o Andes Suites, que faz parte do complexo do Hotel Diego de Velazquez (faço post em breve) e achei a localização excelente, um bairro para fazer tudo a pé, incluindo uma breve caminhada até o Sky Costanera, além de ficar a uma quadra da estação de metrô.

Já em Las Condes, a ideia era conhecer algum dos incríveis hotéis que tem por lá e escolhi o tradicionalíssimo The Ritz-Carlton que dispensa apresentações mas em breve sobe um post contando minha experiência por lá. O bairro é realmente bem mais sossegado mas é lindo, com lojas enormes e bem na frente do hotel fica a estação de metro El Golf.

Simplesmente perfeito!!! Dois bairros que se tornaram os meus preferidos e na minha próxima visita a cidade retornarei a um deles.

PS. Não cogitei ficar no Centro porque normalmente eu tento fugir de hospedagem em centro de cidade e também porque a facilidade de locomoção nos outros bairros era muito grande.

PS2. Também descobri que Bellavista não era muito minha cara mas que se tivesse uns vinte anos e ainda frequentasse faculdade acho que iria amar esse bairro. Já Lastarria achei uma opção bem interessante e que não havia cogitado durante minhas pesquisas.

 

* O Nós na Trip é afiliado do Booking, se você está a procura de uma hospedagem em Santiago do Chile e fechar sua estadia por qualquer link desse post ou pela caixinha amarela ali na barra lateral estará nos ajudando a manter o blog sempre com dicas e novidades, você não pagará nada a mais para isso mas nos deixará muito felizes! Obrigado !

COMO SE LOCOMOVER ?

A pé, de bike, de metrô e se sair a noite de Uber!!!!

Sabe aquela cidade que tudo funciona ? Pelo menos pelos bairros turísticos, a facilidade de locomoção é enorme, seja a pé, para quem curte conhecer a cidade caminhando, se perdendo e conhecendo lugares novos ou de transporte público… o metrô de Santiago é  moderno, funciona super bem e atende praticamente toda cidade.

Se você se hospedar em qualquer lugar que tenha uma estação de metrô por perto não precisa se preocupar em como chegará nos lugares mesmo que não sejam tão próximos.

Para conferir as estações e horários de funcionamento, visite o site do metrô de Santiago.

Quanto a Uber ou táxi, a cidade também é recheada deles, não vi muita necessidade de utiliza-los de dia mas para quem gosta de baladas e voltar pela madrugada é uma excelente opção.

Ah, e ainda tem a opção de utilizar o rop on rop off, aqueles ônibus turísticos que param em todos os pontos turísticos da cidade. Eu sempre acho uma super mão na roda para quem tem pouco tempo na cidade ou não se sente confortável de conhecer tudo utilizando o transporte público. Quem opera na cidade é o site Turistik e os ingressos podem ser comprados online.

 

QUANDO IR ?

Santiago é uma cidade para conhecer e visitar o ano inteiro, seu verão é bem quente com temperaturas de 30, 35 graus em média mas sempre com um brisa para amenizar o calorão da estação e a noite chega a uns 16 graus (frio para uma carioca hahaha). A parte boa de conhecer Santiago no verão é que a cidade fica um pouco mais vazia devido as férias escolares e você ainda pode esticar a viagem (ou fazer um bate e volta) nas cidades praianas Viña del Mar e Valparaíso.

Já no inverno, altíssima temporada, é a vez de colocar todos os casacos na mala porque faz frio, bastante frio!! A média de temperatura na cidade é entre 0 e 10 graus e as manhãs são bem geladas nessa época. Quem vai a Santiago durante o inverno não pode deixar de conhecer algumas das várias estações de esqui que tem por perto, a mais famosa é Valle Nevado, se você ainda não conhece, vale muito a pena passar pelo menos uma noite por lá e não apenas fazer um bate e volta como várias excursões oferecem. A temporada de neve costuma acontecer entre final de julho e final de setembro e o período mais agitado em Valle Nevado e Portillo ( inclusive com várias festinhas boas) é durante o mês de agosto.

** Em nossa loja virtual temos vários produtos para você curtir uma praia ou piscina (boia de flamingo e unicórnio, canga redonda, relógio mapa mundi e muitos outros) CLIQUE AQUI PARA CONHECER OS NOSSOS PRODUTOS PARA VIAJANTES.

Pelas Redondezas:

Muito próximo a Santiago ficam praias, montanhas, vinícolas, estações de esqui, parques naturais e você pode aproveitar tudo isso em sua viagem por lá!

  • VALPARAÍSO – cidade litorânea a 120km de Santiago, zona portuária e vale fazer um bate e volta.
  • VIÑA DEL MAR – fica a 5km de Valparaíso e é o balneário mais famoso do Chile, com ótima estrutura e praias ( só são MUITO geladas). No verão, passar uma noite por lá e conferir a programação noturna vale muito mais a pena que um simples bate e volta.
  • ALGARROBO – também fica na região de Valparaíso e só acho válido conhecer se for para se hospedar no complexo San Afonso del Mar, que tem a maior piscina do mundo! O lugar é incrível e vale muito um fim de semana por lá ( faço post em breve). No mais, a cidade não tem nada de interessante e as praias não são tão propícias para banho ( o mar bate muito!!).
  • VALE DE CASABLANCA – é a região das vinícolas de Valparaíso. Um bate e volta de Santiago ou Valparaíso é mais que o necessário para conhecer algumas vinícolas. Aqui eu indico duas orgânicas e não tão turísticas, o que pode deixar o passeio mais privativo e com menos cara de turistão, rs. A Matetic ( essa eu conheci e em breve sobe um post) e a Emiliana são próximas e você pode conhecer as duas no mesmo dia.
  • VALLE NEVADO –  fica a 46 km de Santiago e situado na Cordilheira dos Andes, é a estação de esqui mais famosa do país e só acho valido conhece-la durante o inverno. Pode fazer bate e volta mas acho interessante curtir pelo menos uma noite em algum hotel ou resort por lá.
  • VALE DO MAIPO – é a região das vinícolas mais famosa do Chile, fica a apenas 35 km de Santiago e é aqui que estão a Concha Y Toro, Undugarra dentre outras vinícolas mais turísticas. Perfeito para um bate e volta e pela proximidade com a cidade é possível conhecer várias vinícolas no mesmo dia.
  • CAJÓN DE MAIPO – está aos pés das Cordilheiras dos Andes e fica a 100km de Santiago, é uma região para quem gosta de aventura, paisagens e piscinas naturais. Trekking, montanhismo, mountain bike, bungge jump, rafting são alguns dos passeios que Cajón de Maipo proporciona. Vá no verão e somente um bate e volta é necessário para curtir o lugar.
  • VALE DO COLCHAGUA –  fica na região de Santa Cruz e a duas horas de carro de Santiago. Da para fazer bate e volta mas é  uma região rica em vinícolas com bons restaurantes e hotéis super charmosos e aconchegantes para aproveitar, com isso, vale ficar uma ou duas noites por lá.

santiago do chile guia nos na trip erica camargo viaja4

O QUE É IMPERDÍVEL ?

  • Sky Costanera – melhor mirante com vista 360º da cidade e fica no edifício mais alto da América do Sul com 300 metros de altura. A entrada é paga mas vale muito a pena, principalmente para assistir o pôr do sol.
  • Cerro de San Cristóbal – é o maior parque urbano do Chile e outro lugar lindo para assistir o pôr do sol e ter uma vista panorâmica de Santiago. Fica em Bellavista e pertinho da Casa de Pablo Neruda ( La Chascona).
  • Centro Histórico – Palácio de la Moneda, Plaza de Armas, museus, mercado, troca de guarda… tem que conferir!!
  • Conhecer alguma vinícola – não interessa se você curte as mais turísticas, as menos ou as orgânicas, passar o dia conhecendo todo o processo de fabricação de vinhos é no mínimo muito interessante.
  • Cajón de Maipo – vá no verão – cachoeiras e piscinas naturais lindíssimas.
  • Valle Nevado – vá no inverno – estação de esqui mais badalada do país.

santiago do chile guia nos na trip erica camargo viaja3

NOSSO ROTEIRO DIA A DIA NO YOUTUBE:

 

TODAS AS DICAS DE SANTIAGO E ARREDORES:

ROTEIRO DIA A DIA:

DIA 1 – Aeroporto, Providência, Parque de las Esculturas e Sky Costanera 

DIA 2 – Centro da cidade, Palácio de la Moneda, Plaza de Armas, Catedral e Mercado Central

DIA 3 – Bellavista, Cerro San Cristobal, The Ritz Carlton

Aeroporto de Santiago : Como chegar na cidade ? 

Hotel na Providência :  Andes Suites

Hotel em Las Condes : The Ritz Carlton

O que usar em Santiago no verão 

 

Facilite sua viagem: Clique no banner abaixo para: 

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map

* Conheça a LOJA DO NÓS NA TRIP !! Temos vários produtos para deixar sua viagem para Santiago ainda mais perfeita, como bastão de GoPro tripé 3 way, balança portátil digital, tripé para celular e muito mais!!!

Image Map

19 Respostas

  1. […] porque queria conhecer o Atacama, por total obra do destino achamos passagens por milhas para Santiago do Chile por 10.000 cada trecho e eu acabei descobrindo nas minhas pesquisas […]

  2. […] porque queria conhecer o Atacama, por total obra do destino achamos passagens por milhas para Santiago do Chile por 10.000 cada trecho e eu acabei descobrindo nas minhas pesquisas no google e instagram que […]

  3. […] porque queria conhecer o Atacama, por total obra do destino achamos passagens por milhas para Santiago do Chile por 10.000 cada trecho e eu acabei descobrindo nas minhas pesquisas no google e instagram que […]

  4. […] Valle de Casablanca fica a 1 hora de carro de Santiago do Chile e é conhecidíssima por ser uma região de vinícolas e restaurantes super charmosos, inclusive, […]

  5. Santiago foi uma das cidades que mais me supreendeu. Quero muito voltar. Parabéns pelo post, ficou muito completo. Muito mesmo!!

  6. […] opções de bairros para me hospedar, eu até cogitei ficar em Bellavista como já havia falado no Guia de Santiago… o bairro é realmente super bacana, bem agitado, tem váaaaarios restaurantes e bares pelas ruas […]

  7. […] é andar… por mais que os pontos turísticos estejam próximos (separados day by day no roteiro de Santiago) ainda assim você vai dar uma boa caminhada durante o dia e com isso é super importante que você […]

  8. […] meu segundo dia em Santiago bem cedo e descobri que o bairro da Providência dorme até tarde hahahahaha, nem de longe parecia […]

  9. Dicas completíssimas. Adorei cada minuto do que li, e as fotos estão sensacionais. Qual foi o melhor vinho que você tomou? Me pediram uma dica sobre o vinho para ajudar a escolher a vinícola em Santiago a ser visitada.

    • Erica Camargo

      Camis, eu visitei a vinícola Matetic, que é orgânica e adorei tanto o tour quanto os vinhos, o meu preferido foi o EQ Syrah !! Alias, a região de Casablanca, tem ótimas vinícolas orgânicas ( a Emiliana é ótima também) e sai um pouco do circuito daquelas mais turísticas.
      Beijos

  10. Viajante Comum

    Santiago é sempre uma feliz surpresa! O Guia está lindinho e super completo! Vou tentar encaixar o Colchagua em abril… Amei as fotocas! Beijos!

    • Erica Camargo

      Ainnnnn eu quero voltar para fazer a região do Colchagua também!!! Deve ser linda!!

  11. O guia está super redondinho Erica, adorei! Aguardando ansioso as dicas de hotel, porque para mim essa foi uma das tarefas mais difíceis, ainda mais que estava com um grupo e sempre tem aquela diversidade de bolsos. Amei as fotos. Divando sempre. Beijos Leo

    • Erica Camargo

      Verdade Leo, viajar em grupo é sempre mais complicado!!! Dessa vez fiquei num apartamento que adorei e já tem post aqui no blog e depois fui pro Ritz que é simplesmente sensacional!!!
      Beijoooos

  12. […] do Brasil, você chegará em Santiago no aeroporto internacional Arturo Merino Benítez, e assim que desembarcar descobrirá como é […]

  13. […] falei no guia de Santiago e no roteiro do primeiro dia em Santiago que eu simplesmente amei o bairro da Providência, para […]

  14. Muito completo o post! Já estivemos várias vezes na cidade e sempre voltamos encantados! Pra vcs qual os melhores restaurantes da cidade? Beijos

  15. Nossa, quanta novidade boa! Acho que a ultima vez que fui a Santiago foi em 2008, a long time ago.. kkk.. anotei dicas de alguns lugares que não era tão famosinho na minha época e outros, que nem sonhavam em ser construidos.. aff!.. Você se hospedou em San Afonso del Mar ou foi um Day Use?

    • Erica Camargo

      Dani, me hospedei por 3 dias em San Afonso del Mar e acho que vale MUITO a pena porque o lugar é uma delíciaaaaa para relaxar por alguns dias. Acordar com esse visu foi demais!!!
      beijos

Deixe uma resposta