Geyser el Tatio : Uma das maravilhas do Atacama

postado em: Atacama, Aventura, Chile, PASSEIOS | 14

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo

Geyser el Tatio : Tem um dos fenômenos mais legais do Atacama

Geyser el Tatio é um dos passeios mais populares do deserto do Atacama, considerado uma das melhores atrações e um dos mais esperados pelos turistas também!!! Confesso que não tive essa super ansiedade quanto ao el Tatio e se eu não tivesse tempo, certamente não teria entrado em meu roteiro hahahaha mas sim, é muito interessante e se você não conhece nenhum geyser, vale conhecer esse!!

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo2

Geyser é uma nascente de água termal que entra em erupção periodicamente devido as altas temperaturas das rochas e lavas vulcânicas e devido a algumas falhas levam água quente a superfície lançando um jato de água fervendo e vapor de ar que pode chegar a mais de 80 metros!!!!!

O Geyser El Tatio é o maior grupo de geysers do hemisfério sul e o terceiro maior do mundo ( apenas perdendo para um na Finlândia e outro no Parque Yellowstone, nos Eua), ele tem aproximadamente 8% dos geysers existentes no mundo e seu ponto de ebulição pode chegar a temperaturas de 86 graus!!

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo3

Por ser um dos passeios mais altos do Atacama ( 4.321 metros de altitude) é recomendado faze-lo no final de sua viagem, porém, eu fiz logo no terceiro dia e achei bem de boa ( mas lembre-se que isso é super pessoal, eu não passei mal com a altitude nenhum dia).

Além de ser um dos mais altos também é um dos mais frios!!! No meu caso, foi o meu passeio mais frio e muuuuuuuito frio!!! Cheguei ao campo geométrico com 10 graus negativos !! Isso mesmo que você leu, – 10 graus e em pleno verão!!!!!!

Acho que todo mundo que tem o interesse de fazer esse passeio sabe que as temperaturas são sempre baixíssimas, eu me enfiei dentro de praticamente todas as roupas da minha mala mas lá no fundo não acreditei que estaria tão frio, principalmente por ser verão !!

Eu usei na parte de baixo uma calça térmica, meias térmicas, meia calça de acrílico, legging e tênis !! Em cima, fui de blusa térmica de manga longa, uma malha de manga longa, malha de manga curta,  fleece, casaco de ski, dois cachecóis, luva e gorro!! Sim, meu look tava total “boneco da Michelin” mas foi o suficiente para não congelar… porque frio eu senti!!! hahahaha.

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo4

Eu fiz esse tour com a FláviaBia Expediciones e ele começa bem cedinho, o carro passou no meu hotel por volta das 5:00 da manhã e seguimos cerca de 98 km até os geysers.

Lembra que eu falei no Guia do Atacama o quão importante é contratar uma agência que te passe segurança nos carros e motoristas?? Pois bem, vou contar rapidinho o perrengue que foi chegar no Geyser el Tatio.

A gente sai para esse passeio ainda no escuro, no dia que eu fui tinham apenas eu, uma amiga e mais uma menina no carro, ou seja, tour praticamente privado… amo!! Daí fomos em uma pickup e eu fui na frente para gravar os vídeos pro canal ( estarão no youtube em breve). No meio da estrada entramos em uma neblina, que sério, nunca vi nadaaaaaa parecido na vida!!! Sabe quando você não enxerga um palmo a sua frente, sem zoação, não enxergava mesmo, eu fiquei com zero sentido para onde era a estrada mas o motorista (super experiente) seguiu em velocidade bem reduzida. Acho que foi uma das viagens mais tensas que já fiz, até porque foi um grande pedaço da estrada com essa neblina, inclusive chegamos a parar algumas vezes porque realmente estava impossível de continuar.

Passamos a neblina, chegamos em segurança, tudo ok… na volta, já com dia claro e sol foi quando eu realmente vi como era estrada!! WTF ??? Várias ribanceiras, vários trechos em obra, alguns outros com a estrada super estreita … na boa, ainda bem que não tive a menor noção de como era a estrada na ida !!! hahahaha.

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo5

Chegamos nos geysers bem na hora de sua maior atividade, que é exatamente ao nascer do sol, mas como o dia estava relativamente nublado quando eu fui não cheguei a ver aquelas fumaças absurdas que vejo nas fotos do google mas achei o fenômeno super interessante. Na verdade, o sol nada tem a ver com a fumaça,  o vapor de ar que não estava tão forte quando eu fui mas que nas fotos com sol a fumaça parece sempre mais potente, isso parece!! hahahaha

Mas com ou sem sol, é exatamente nesse horário que eles estão mais ativos e sem dúvida, é um espetáculo !!

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo6

Minha primeira impressão foi… ter  um  choque térmico quando sai do carro… pqp que frio!!!!! Confesso que os primeiros minutos me tremia dos pés a cabeça de tanto frio mas cheguei a conclusão que o corpo acaba acostumando e se adequando a temperaturas extremas.

O guia nos deixou super a vontade para andar, tirar fotos pelo tempo que quiséssemos nos campos geométricos e me senti uma pessoa muito feliz nesse momento porque o que eu ouvi de guia berrando, Vamos, Vamos! com os turistas dos outros grupos, aff foram vários!! ( um dos motivos de eu não curtir excursões, rs) 

Ele também explicou que não deveríamos, em hipótese alguma, ultrapassar as demarcações em pedras por questão de segurança, afinal, tem poças em ebulição pra tudo quanto é lado e é realmente perigoso !! ( Lógico que a tonta aqui quando estava tirando alguma foto acabou ultrapassando essas pedrinhas sem perceber mas ainda bem que já era próximo ao estacionamento e não tinha nenhuma poça borbulhante naquele momento ali por perto!)

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo7

Achei uma experiência bem legal e fiquei impressionada com a força dos jatos d’água mas acredito que se o sol tivesse aparecido desde cedinho teria sido ainda mais bonito!! Quando o sol resolveu dar as caras, os geysers já não estavam tão ativos mas pelo menos o tempo já estava mais quentinho, uns dois graus negativos devia estar fazendo.

Depois de muito passear no campo geométrico e tirar fotos chegou a hora do café da manhã! Diferente da maioria das agências que oferecem seu café da manhã no estacionamento dos geysers (tinha MUITA gente tomando café por lá), a FláviaBia nos levou para tomarmos nosso café em outra parte do campo geométrico, próximo a piscina de águas termais e com um visual super bonito!! Lá também tinham alguns geysers ainda em atividade e foi um momento para sentar, tomar um chocolate quentinho e apreciar a natureza… não tinha nenhum carro parado ao nosso lado, nenhum grupo de turistas e com isso nosso café da manhã foi em paz total.

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo8

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo9

Os cafés da manhã oferecidos pela FláviaBia são sempre muito fartos e completos. Nesse dia, nosso guia fez uns ovos mexidos que ficaram uma delicia e nem preciso dizer que peguei aquele pote de doce de leite ali e me acabei recheando ele no croissant, né?!!

O leite sem lactose da foto é porque a menina que estava com a gente no tour era intolerante a lactose e eu já contei para vocês, no outro post, que o serviço da FláviaBia é super personalizado e ela se preocupa com todos os detalhes, principalmente na alimentação. Daqueles detalhes que fazem uma super diferença na hora de você escolher sua agência.

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo10

Depois de um ótimo e tranquilo café da manhã tivemos tempo para um banho na piscina de águas termais que fica do lado dos geysers. Nesse momento eu já estava sem luvas, gorro e o casaco de ski, ou seja, já estava calor hahahahaha.

Devia estar uns 5 graus, nesse momento, e dos grupos que estavam ali pouquíssimas pessoas estavam dentro d’água. Confesso que pensei umas dez vezes antes de tirar toda aquela roupa massss pensei o seguinte…não faço ideia de quando irei voltar aqui e se vou voltar algum dia, então bora tirar essa roupa e mergulhar.

A água nem é tão atraente não, ela é escura assim mesmo como aparece na foto e quanto mais próximo a nascente mais quentinha ela fica… na verdade nem da para chegar tão próximo, a não ser que você queira virar galinha escaldada no Atacama… a água é quente pra cacete, rs.

Bem ao lado da piscina tem vários vestiários, então da para tirar a roupa e sair correndo para piscina, aliás, a parte mais difícil foi mesmo tirar toda a  roupa porque apesar de frio não estava nada insuportável, daí mais uma vez concluo que o corpo acostuma a essas condições mesmo. Eu sou super friorenta ( sou carioca e aqui não existe inverno, rs), não estou acostumada a viajar para lugares de temperaturas muito baixas e sobrevivi, então tenho certeza que você suporta também hahahaha.

Curti a experiência, depois de tanto frio que fez na primeira parte da  manhã, terminar o passeio assim, valeu demais!!

Antes de chegar de volta a São Pedro do Atacama, o tour ainda passa no povoado de Machuca. O imperdível de lá é o churrasquinho de Ihama … gente, tive coragem não, o bichinho é muito bonitinho, fiquei com pena hahahaha.

geyser el tatio atacama nos na trip erica camargo11

Informações gerais do Geyser el Tatio

  • Que horas ? É feito sempre na parte da manhã e normalmente antes do sol nascer.
  • Altitude ? 4.321 metros
  • Nível de esforço ? Não tem esforço mas como a altitude é muito grande o ideal é andar bem devagar e evitar movimentos bruscos como abaixar e levantar a cabeça muito rápido, por exemplo.
  • Temperatura ? Entre -5 e -20 graus. Eu peguei – 10 graus
  • Quando eu fui ? No verão – março de 2017
  • Tem entrada ? SIM !! Quanto custa ? 10.000 pesos chilenos pagos somente em dinheiro ( certifique-se do valor quando você for).
  • Quanto custa o tour ? Com a FláviaBia Expediciones custou 60.000 pesos chilenos ( certifique-se se o valor não mudou)
  • O que está incluso nesse passeio com a FláviaBia ? Transporte, passeio, café da manhã e roupão para entrar e sair da piscina termal.
  • O que levar nesse passeio ? Roupa de frio extremo, roupa de banho, protetor solar, óculos escuros e toalha ( caso faça o passeio com outra agência)
  • Passeio de meio dia ou dia inteiro ? Meio dia. Saímos às 5h da manhã e retornamos por volta das 12h.
  • DICA #NOSNATRIP : Capriche no efeito cebola e já vá de roupa de banho por baixo, com uma blusa mais leve de manga curta por baixo dos mil casacos . A temperatura na volta, principalmente quando você chega no povoado de Machuca, já é alta e provavelmente você vai tirar praticamente todos os casacos. Depois do banho na piscina termal eu só coloquei a leggin, sem meias ou calça térmica e também já não coloquei a blusa térmica, desse jeito foi bem mais fácil “descascar as camadas” no caminho de volta.
  • É um passeio imperdível ? Diria que sim porque é um clássico do Atacama e uma das atrações mais esperadas mas para mim não é imperdível.

Facilite sua viagem!! Clique no banner abaixo para:

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map

 

Image Map
Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

Últimos Posts de

14 Respostas

  1. […] O Salar de Tara fica na Cordilheira dos Andes, sobre uma enorme caldeira que se formou após a erupção do Vulcão Vilama e assim deu origem ao visual único desse salar, com fauna, flora e formações rochosas impressionantes !! O Salar chega a 4.500 metros de altitude e foi o passeio mais alto que eu fiz e também o segundo mais frio  ( só perdeu para os 10 graus negativos do Geyser el Tatio). […]

  2. hahahaha… eu fui lendo e pensando: “Será que a Erica entrou ou não entrou?” … uhuuuuu… fiquei feilz quando vi que entrou! Acredita que o Julio não teve coragem? Tudo bem que ele não estava num dia legal. Estava passando mal e até fomos com ele para o posto médico de São Pedro onde ele tomou uma injeção para melhorar. Mas eu entrei na piscina de águas termais e ainda bem que fiz. Achei super diferente o passeio. O cheiro de enxofre também foi algo que me marcou e os “choquinhos” da água quente que brotava em alguns pontos da piscina. Mas olhe, não sei se a pior parte foi sair correndo e banhar na piscina ou sair dela e sair correndo para vestir roupa kkkk.
    Beijos,
    Lily

  3. Erica fiquei encantada com as fotos. Ainda não fui por falta de companhia, o husband não quer ir acredita? Vou esfregar seu post na cara dele rssss… ou me chame na próxima vez !

    • Erica Camargo

      Sy, vou te falar que relutei muito pra ir também, era um destino que nada tinha a ver comigo mas eu simplesmente ameeeeei!!! Tem vários hotéis super bacanas lá e a Flávia é incrível para atender um público mais exigente!!

  4. Otavio Furtado

    Eu amei esse passeio! Um dos lugares mais bonitos do Atacam sem sombra de dúvidas.
    O frio que faz cedo (ainda mais que eu fui agora no inverno) não é nada quando nos deparamos com tamanha beleza. Eu amei!

    • Erica Camargo

      Se eu já congelei no verão, não quero nem imaginar como estava a temperatura agora ahahahaha.

  5. Nossa que legal, achei que teria que ir no Yellowstone para conhecer um Geiser. Adorei sua matéria porque ela conseguiu trazer todos os detalhes da viagem e da empresa prestadora de serviços sem ser maçante. Já li vários relatos sobre esses passeios e sei que eles podem ser bem cansativos se não tiverem uma boa estrutura.

    Agora uma pergunta, você foi no verão e a temperatura estava -10?

    • Erica Camargo

      Pois é, e eu sou chata, né?!!! Passeio sem estrutura não é algo prazeroso pra mim, rs!!! Juro -10 graus em pleno verão e no dia seguinte muuuuuuita neve na estrada hahaha… coisas que só acontecem no Atacama

  6. MARCIO VITAL VALENÇA

    Que legal, Erica. Fizemos esse passeio e foi um dos que achamos mais interessante no Atacama. Um verdadeiro espetáculo da natureza. Seu relato me trouxe ótimas recordações da nossa viagem. Beijo

    • Erica Camargo

      Todo mundo adora esse passeio, por isso falo que ele é imperdível mesmo eu não tendo achado isso tudo hahahaha mas interessante, sem dúvida, é!!

  7. Ericaaaaa, que máximo !
    Caramba, um café da manhã em grandessíssimo estilo.
    Deve ser uma experiencia única estar em um local assim e poder mergulhar.
    Adoooorei o post.
    Beiijoss

  8. Que legal ler um post de um lugar que amei visitar no Atacama. Acredito que houveram algumas mudanças de 2008 pra cá, pois não lembro de ter pago a taxa para entrar nos Geysers e também não tinha vestiário para mudar de roupa.. quem me dera se tivesse! geral trocava de roupa dentro das vans ou já iam com a roupa de banho por baixo das inúmeras camadas de roupas.. kkkk.. era muito trabalho na época trocar de roupa, então, fui para curtir a paisagem mesmo.
    Pena que o Sol não apareceu a tempo para tirar a foto com uma luz bacana. Adorei relembrar ótimos momentos que tive por lá. Bjus

    • Erica Camargo

      Dani, agora tem uns vestiários bem na frente da piscina termal, achei ótimo para poder largar toda a roupa guardada lá e não congelar de frio já que é pertinho da piscina.

Deixe uma resposta