Chichen Itza : Um passeio imperdível em Cancun

postado em: Cancun, Cultura, México | 1

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja

Chichen Itza foi um dos lugares mais interessantes que eu já visitei, acho a cultura maia incrível e conhecer a capital dessa civilização foi surpreendente !!

Para chegar lá é possível ir de carro, e já fiz um post falando como é alugar carro em Cancun e minha experiência dirigindo até lá, ou de ônibus de excursão. Eu não curto excursões e fujo o máximo que posso delas e acredito que não gostaria de ter conhecido Chichen Itza com hora programada e mais um monte de gente em cima tirando as mesmas fotos. Não tenho dicas de quem faz essas excursões mas sei que no meu hotel, Oasis Cancun, e imagino que na maioria dos outros também ofereçam esse passeio que provavelmente faz o passeio Chichen Itza e Cenote Ik Kil, que fica no caminho.

Preferi alugar um carro pela total liberdade de horário e por saber que a estrada era ótima (uma reta infinita, rs) entre Cancun X Chichen Itza. São pouco mais de 2 horas dirigindo numa estrada em ótimas condições, boa sinalização mas com alguns pedágios e blitz no caminho.

Minha primeira parada foi o Cenote Ik Kil, que foi o escolhido por ser um dos mais bonitos da Riviera Maya e principalmente por estar no caminho, a entrada fica bem em frente a estrada, e é só desviar. Também já falei dele aqui no blog e super recomendo.

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja7

Seguindo caminho, finalmente cheguei no parque arqueológico de Chichen Itza. O parque tem um estacionamento bem grande (é pago mas não lembro quanto foi ) e a entrada do parque também é paga (em torno de uns 47 reais) . Na frente do parque, antes de entrar, você já vai ficar doida com a quantidade de artesanatos com ótimos preços que são vendidos, eu adoro decoração de casa e adorei aquele tanto de coisas coloridas na minha frente, mas calma que lá dentro tem muuuuito mais e também é mais fácil de negociar.

Logo na entrada você tem a opção de pegar o mapa que o parque te dá junto com o ingresso e percorrer tudo por conta própria ou pode contratar um guia local, eu preferi contratar o guia pois queria saber mais sobre a história e curiosidades de Chichen Itza e achei essencial percorrer o parque com ele. No caso, o guia foi apenas para mim e minhas amigas, ele fez o tour no nosso tempo, nos esperou tirar fotos, tirou todas nossas dúvidas e gostei bastante do modo como ele nos explicou tudo. O guia foi um pouco caro (em torno de uns 160 reais) mas como estávamos em 3 pessoas achei que valeu muito a pena, até porque ele ficou umas 3 horas com a gente no parque e só foi embora depois de andar tudo e contar cada detalhe. Em algum momento chegou até ficar cansativo do tanto que ele falava mas para quem gosta de história ou tem curiosidade sobre o povo maia confesso que foi uma grande aula.

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja2

Chichen Itza : uma das novas 7 maravilhas do mundo moderno

Entrando no parque com guia ou por conta própria alguns monumentos são imperdíveis. O primeiro e mais impressionante é o Templo de Kukulcán ou Pirâmide de Kukulcán como é mais conhecida. O templo foi construído para o culto ao deus Kukulcán, que significa serpente emplumada, e é uma espécie de calendário.  O desenho da pirâmide conta com 9 patamares de 91 degraus em cada lado e 4 fachadas alinhadas com cada um dos pontos cardeais. Ao todo são 365 degraus, contando com o topo ( que são os números de dias do ano no calendário maia) e 30 metros de altura.

Eu acho a lenda da serpente emplumada incrível e gostaria muito de um dia poder presenciar esse fenômeno. O fenômeno acontece duas vezes ao ano, no início da primavera e outono,  e nesses dias,  à medida que o sol se movimenta, a sua sombra projetada nas laterais de uma das escadarias da pirâmide, formam o corpo de uma serpente, que se desloca até tocar na cabeça da serpente emplumada que se encontra na base da escadaria norte, ou seja, um grande espetáculo para assistir a serpente vindo dos céus até tocar a terra.  Lenda, fenômeno, coincidência … só sei que acho que essa história demais e todos os anos ela reúne milhares de pessoas ao redor da pirâmide para contemplar.

Infelizmente não é mais possível subir na pirâmide, na verdade não é possível sequer chegar perto dela ou de qualquer outro monumento no parque, devido a degradação do tempo e das pessoas, hoje em dia todos os monumentos são protegidos por cordas.

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja8

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja6

Outro monumento que achei incrível foi o Templo dos Guerreiros e a Praça das Mil Colunas, o templo era usado apenas para rituais de sacrifícios e oferendas e as mil colunas, parecem mais uma grande floresta de pedras, que antigamente sustentava tetos de madeira e sapé, ali era o centro de negócios na cidade, como compras, vendas e discussões.

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja3

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja4

O Campo dos Jogos também é demais e o jogo popular da época se assemelha muito ao quadribol do Harry Potter hahaha, sério!! A bola era pesada e feita de borracha e os dois times tinham como objetivo passar a bola pelo aro do campo adversário. As regras não são muito conhecidas mas sabe-se que o capitão do time perdedor era sacrificado e tinha sua cabeça decepada.

Além disso, algumas várias outras ruínas e pirâmides são bem interessantes e todas tem histórias bem bacanas, ali também se encontra um outro cenote sagrado que tinha como finalidade o ritual de sacrifício humano e pra finalizar, inúmeras barraquinhas de artesanatos espalhados para todos os lados. Prestem atenção na qualidade dos artesanatos e não deixem de pechinchar.

O parque arqueológico de Chichen Itza abre todos os dias de 8h às 17h e é interessante chegar cedo, primeiro porque dificilmente ele estará lotado de excursões e segundo porque o sol não estará tão absurdamente insuportável!! Não esqueçam de ir com roupas confortáveis, leve água, chapéu e muito protetor solar!!! Próximo aos monumentos praticamente não existe sombra, as sombrinhas das árvores estão, na maioria das vezes, bem afastada e o sol castiga de verdade.

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja5

chichen-itza-cancun-nos-na-trip-erica-camargo-viaja9

 

* O Nós na Trip é afiliado do Booking, se você está a procura de uma hospedagem em Cancún e fechar sua estadia pelos links desse post ou pela caixinha amarela ali na barra lateral estará nos ajudando a manter o blog sempre com dicas e novidades, você não pagará nada a mais para isso mas nos deixará muito felizes! Obrigado!

Facilite sua viagem !! Clique no banner para: 

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map
Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

Deixe uma resposta