Barcelona: Park Guell

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja

Um dos meus lugares favoritos em Barcelona... daqueles pra sentar, relaxar e esquecer da vida… ou se perder nos minuciosos detalhes coloridos de mais uma obra incrível de Gaudí!

O Park Guell é um enorme parque urbano construído entre 1900 e 1914 pelo arquiteto Antonio Gaudí e encomendado pelo milionário empresário Eusebi Güell que tinham como objetivo construir uma espécie de “condomínio” super luxuoso com casas e elementos arquitetônicos do modernismo catalão para a aristocracia da cidade. O grande terreno de quase 20 hectares fica no bairro de Gràcia e pra mim é um dos projetos mais lindos de Gaudí onde ele consegue traduzir em cheio sua maior característica de reunir a natureza com o modernismo.

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja4

O projeto, na época, foi um fiasco e até 1914 só tinham sido construídas duas casas, inclusive a que o próprio Gaudí morou por quase 20 anos e por isso acabou sendo inacabado. Anos mais tarde os herdeiros de Güell decidiram vender o terreno para a prefeitura de Barcelona e em 1926 foi inaugurado como parque público da cidade e em 1984 classificado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja8

Apesar de viver lotado de turistas o parque é uma delícia e super merece ser conhecido com calma e se possível numa tarde dedicado a ele para conseguir apreciar cada detalhe (e tem muitos) construído. Além disso ele também é muito frequentado por moradores da cidade, vi muita gente correndo, fazendo exercícios, brincando com crianças, artistas de rua mostrando sua arte e pra quem quiser aproveitar  esse parque enorme com várias subidas e descidas e quiser conhecer cada detalhe, prepare-se para andar muito !!!

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja13

Chegando pela entrada principal ( o parque tem várias entradas mas essa é a mais fácil para quem está chegando de metrô ou rop on rop off) você dá logo de cara com essa primeira foto, a fonte do Dragão no centro (eu chamo de Iguana, rs) e as escadarias que levam para a Sala Hipostila e Praça da Natureza.

O El Drac, como é chamado, é uma das esculturas mais fotografadas do mundo e simbolo de Barcelona, sua escultura multicolorida é toda revestida com trencadís (patchwork de pedaços de cerâmica esmaltadas) e vive mega lotado o dia inteiro! Aliás, uma super dica para conseguir tirar  foto sem umas mil pessoas em cima de você é bem no finalzinho da tarde onde, apesar do parque ainda estar cheio, sua entrada já não fica mais tão lotada de turistas.

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja11

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja2

Subindo as escadas chegamos a Sala Hipostila, que no projeto inicial seria um grande mercadão, a sala é um espaço com quase 100 colunas totalmente desenhadas de cima até em baixo, super rica em detalhes, e com esses mosaicos coloridos de cerâmica no teto. Incrível!!!

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja3

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja7

Logo acima, chegamos na Praça da Natureza, um espaço enorme que foi construído para ser um grande teatro a céu aberto, em formato oval e com bancos coloridos e ondulantes que são os mais disputados de todo o parque. A vista panorâmica de Barcelona também é linda e, no fim de tarde, o pôr do sol é bem bonito de ser assistido nesses bancos.

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja9

Saindo da praça da Natureza e virando a direita é possível chegar ao Viaduto das Jardineiras… uma das coisas mais lindas que já vi na vida! Sabe aquela hora que você, que ainda pouco conhecia sobre as obras de Gaudí, vira mega fã do cara?? Então, foi essa … achei totalmente surreal esses viadutos e corredores construídos por pedras rústicas do próprio local e projetados para a passagem de carruagens e acesso aos pedestres se protegerem da chuva e sol.

 

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja12

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja10

Na mesma direção ainda encontramos outros viadutos pelo Park Guell e todos, apesar de bem parecidos, tem diferentes estilos arquitetônicos… o das Jardineiras (esse das fotos), foi inspirado no estilo romântico, o viaduto do Museu é no estilo gótico e o viaduto da Alfarrobeira no estilo barroco.

Já do lado esquerdo do parque (saindo da praça da Natureza) encontramos o viaduto do Algarrobo, que além de incrível, dá a impressão que você está dentro de um grande tubo de onda (num mar de pedras).

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja15

Essa é casa de Gaudí, uma das únicas construídas no parque e onde ele viveu por quase 20 anos, hoje é um museu dedicado ao arquiteto com obras e objetos pessoais. A entrada no museu também é paga, não cheguei a conhecer mas parece ser bem interessante.

barcelona-park-guell-nos-na-trip-erica-camargo-viaja16

E que tal terminar o dia com um visu panorâmico e super bonito da cidade?? O Turó de lês treus Creus ou simplesmente conhecido como O Calvário ( literalmente é um calvário chegar lá! Se prepare pra subir, subir, subir….) é a parte mais alta do parque e deveria ter sido construída uma igrejinha no lugar (lembra que a obra ficou inacabada?!) mas na verdade é um mirante com vista 360º de Barcelona e que fica lotado de turistas esperando o pôr do sol!! Bem bacana e super vale a subida!

É possível chegar ao Park Guell de rop on rop off (que foi como eu cheguei), ele deixa na subida da rua de acesso principal (Carrer d’Olot) e tem uma bela e inclinada subida até o parque (bora aproveitar o dia de turismo pra malhar, galera!!! rs). Também é possível chegar de metrô pegando a LINHA VERDE (L3) sentido Trinita Nova e saltando na estação Lesseps, porém a caminhada até o parque é de uns 20 minutos, se não curtir essa andança toda, pegue um taxi até a entrada principal do parque. E ainda tem a opção de ônibus (números 92 ou 112, saindo do Passeio Gràcia) mas esse deixa na entrada secundária bem perto do viaduto das Jardineiras.

O Park Guell abre todos os dias de 8h da manhã às 20h da noite (favor verificar os horários no site) e a entrada custa 8 euros (e pelo site, 7 euros).

*Texto adaptado do original escrito por mim em meu antigo blog: http://myfashionlounge.com.br/viagens/barcelona-park-guell/

 

Facilite sua viagem !! Clique no banner abaixo para:

Image Map

Image Map

Image Map

Image Map

 

Image Map

Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

2 Respostas

  1. […] Esse é um dos lugares imperdíveis de Barcelona e aqui no blog tem post contado mais sobre a história e dicas para você conhecer melhor o Park Guell . […]

  2. […] sou completamente apaixonada pela arquitetura e cultura da cidade e meus lugares preferidos são o Park Guell e a Sagrada Família, duas grandes obras de […]

Deixe uma resposta