10 motivos para fazer intercâmbio em Malta

postado em: INTERCÂMBIO, LISTAS, Malta | 1
COMPARTILHE:
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

intercambio em malta am language erica camargo

Quando comecei a pesquisar um país para fazer meu primeiro intercâmbio de inglês na Europa, confesso que Dublin e Londres foram os primeiros que me passaram pela cabeça, afinal, são os países mais “tradicionais” que recebem intercambistas do mundo inteiro massss foi só dar uma goolgada em Malta para em poucos minutos me convencer que eu queria MUITO fazer meu intercâmbio naquele país.

Sério, bastaram poucos minutos olhando imagens e mais algumas pesquisadas em blogs e grupos no facebook que falavam sobre intercâmbio em Malta para eu ter certeza que aquele era meu lugar! Para quem me acompanha aqui no blog e no meu insta pessoal @ericacamargo sabe que eu amo destinos com boas praias e baladas, Malta, além de ter tudo isso ainda oferece muito mais !!

Intercâmbio em Malta: Por que o país é uma excelente opção?

intercambio em malta nos na trip

1. CLIMA

O clima de Malta é ótimo para nós brasileiros… clima ameno durante todo ano, um inverno pouco rigoroso e um verão beeeeem quente mas nada que não estamos acostumados aqui ( principalmente eu que moro no Rio, rs).

É um destino perfeito para estudar qualquer época do ano, inclusive no inverno, que é baixa temporada e os preços das escolas e acomodações costumam ser mais atraentes.

intercambio em malta nos na trip2

2. CUSTO DE VIDA

Comparado a outros países europeus, Malta é um destino barato e isso é um SUPER motivo para cada vez mais uma quantidade enorme de brasileiros escolherem o país para morar e também para estudar inglês.

Quando eu fiz meu intercâmbio em Malta tive o pequeno azar de pegar uma cotação que chegou até R$5,10 … foi a cotação mais cara que já peguei na vida de todas as vezes que fui pra Europa, com isso não tive o prazer de desfrutar desse custo de vida tão baixo como todos falam, rs, ainda mais que fui na alta temporada mas ainda assim valeu super a pena.

intercambio em malta am language

3. LOCALIZAÇÃO

Malta está estrategicamente localizada ao sul da Itália e com isso super próxima da própria Itália, assim como da Grécia, Espanha e Turquia. Para quem deseja aproveitar o intercâmbio para conhecer outros países é uma excelente opção!! São diversas cias aéreas low cost que aterrizam em Malta com preços de passagens super atrativos.

Enquanto eu estive em Malta vi diversas promos, até mesmo na alta temporada, entre agosto, setembro e início de outubro por 20, 30 euros. Comprei minha passagem para Costa Amalfitana por 60 euros, no mês de setembro, que ainda é considerada alta temporada e achei o preço excelente.

intercambio em malta am laguage nos na trip

4. PAISAGENS

Quando eu falei que Malta me convenceu nos primeiros minutos olhando fotos no google imagens, não estava mentindo… o país tem paisagens de tirar o folego !! Difícil descrever alguns dos lugares que conheci por lá… ohhhhh país abençoado.

E não falo somente de  belezas naturais não. A arquitetura de Malta é simples e linda com influências árabe, italiana e espanhola.

5. PRAIAS

Malta é um pais pequeno porém bem servido de praias lindas!!!! Praias de pedras, praias com areia, tem para todos os gostos, e aquele mar azul cristalino é de doer os olhos, rs.

São diversas praias, grutas, piscinas naturais que vai ficar difícil decidir qual não pode faltar no seu roteiro caso você faça um intercâmbio de curta duração.

6. QUALIDADE DE VIDA

Malta tem um dia a dia bem mais desacelerado do que em grandes cidades, talvez isso tenha sido uma das coisas que mais me chamou atenção no país. Comparando com a gente, se parece beeeem com cidades do interior, com a vida mais tranquila, mais segura e as pessoas mais calmas. Tudo isso combinado a incríveis paisagens, clima agradável e baixo custo de vida, só pode resultar em uma excelente qualidade de vida.

7. PODE ESTUDAR E TRABALHAR

Malta é um dos poucos países europeus onde se pode trabalhar legalmente somente com o visto de estudante, essa é uma regra que mudou recentemente e fez dar um boom de pessoas interessadas em estudar e também trabalhar no país.

Vou falar melhor sobre isso em um próximo post mas já adianto que não é tão simples como parece não. Para começar, você não pode começar a trabalhar assim que chega em Malta, o estudante precisar ter um visto de estudante ( que você só consegue após três meses – pelo simples fato que brasileiros em geral podem permanecer por até 90 dias na Europa sem necessidade de qualquer visto, apenas com a entrada de turista), além de um trâmite um tanto burocrático, documentos, comprovação financeira… não é fácil, porém é uma excelente solução pra quem irá fazer um intercâmbio mais longo.

8. LOCOMOÇÃO

Malta é um pais pequeno, um dos menores da Europa, com apenas 316km2 ( muito menor que minha cidade Rio de Janeiro, rs), e com isso a locomoção costuma ser muito fácil por lá. As linhas de ônibus passam por quase todos os lugares e também existe ferry boat que faz a ligação com a ilha de Gozo, Valleta e com as Three Cities.

Isso sem falar que dá para fazer muita coisa a pé!!! Andava tranquilamente de Sliema – cidade que eu morava – para St. Julian’s e Paceville, numa caminhada super agradável de uns 25, 30  minutos.

Por ser um país pequeno e super populoso durante o verão, na altíssima temporada, eu achei meio terror e pânico andar de ônibus por lá (sou fresca, admito) e acabei usando muito mais o Taxify ( que igual nosso Uber – porém meio carinho).

9. CULINÁRIA

A culinária em Malta tem uma super influência da Italiana, logo, nem preciso dizer que você irá comer muito bem por lá!! Caso você também queira conhecer mais da culinária maltesa, saiba que o forte deles é a carne de coelho – não tive coragem de provar mas você encontra em todos os restaurantes típicos. Além de coelho, o Pastizzi é a comida mais famosa deles, que é tipo um pastelzinho de massa folhada e recheado com ricota e ervilhas, queijo, carne e até Nutella!

10. VIDA NOTURNA

Não poderia falar das vantagens de fazer um intercâmbio em Malta e não mencionar a vida noturna super agitada do país, né?!! Se você quer aprender inglês e aproveitar para curtir festas, pool parties e bares animados, Malta é o lugar certo para você!!!!

Paceville é a região de lazer e considerada a capital da vida noturna do país, são diversos bares, baladas e restaurantes espalhados por uma rua que simplesmente não dorme!!

Particularmente eu amei e odiei Paceville hahahahaha, se você tem mais de 27, 30 anos vai achar essa região teenager além da conta, e de fato, não é mentira, pois é justamente o local onde os intercâmbistas mais se encontram !! As baladas são as piores que já fui na vida mas são super animadas e eu amavaaaaaa,  fui quase todas as noites durante meus dois meses de intercâmbio hahahahaha.

Nem preciso dizer que os malteses praticamente não frequentam essa região e como fiz amizade com diversos deles, acabei conhecendo outras baladas muito mais interessantes (mas que só funcionam durante o verão).

Meus lugares preferidos para sair em Malta são:  Café del Mar (pool party – St. Pauls Bay), Hugo’s Hotel (festas esporádicas que tem no rooftop do hotel – Paceville), Uno Village ( tem ótimos djs durante o verão e é a baladinha dos locais – Attard) e Funky Monkey ( bar super animado frequentado por malteses – Manoel Island – fiquei sabendo que fechou agora em janeiro mas acredito que volte no verão).

 

Ok, mas só existem vantagens em fazer intercâmbio em Malta ?

Não!!! Malta é incrível mas tem diversas desvantagens também, igual qualquer outra cidade no mundo hahahaha.

  1. Tem MUITO brasileiro !! Sério, tem brasileiros brotando da terra em Malta, é surreal a quantidade de gente morando e estudando lá e por isso acho SUPEEEEER importante na hora de fechar uma escola em Malta, escolher alguma que não seja lotada apenas de brazucas, porque nem preciso dizer que isso irá dificultar bastante sua evolução no inglês.

Se você tiver interesse de estudar na escola que eu estudei – e quase não tem brasileiros –  a AM LANGUAGE – avise que conheceu a escola aqui no Nós na Trip e peça seu desconto de 10% nos cursos.

   2. Malta é ex colônia britânica, porém seu primeiro idioma é o maltês e não o inglês!! Aliás, achei que os malteses em geral falam inglês muuuuito mais ou menos – esperava muito mais! Se você não tem inglês fluente, ou até não saiba absolutamente nada em inglês acho que vale muito fazer intercâmbio no país mesmo com esse “pequeno detalhe” rs mas se você procura Malta para estudar inglês para alguma especialização, business ou se já é fluente na língua e deseja apenas praticar já não vejo como a melhor opção.

    3. A ilha no verão tem super lotação e assim como qualquer ilha fica tudo muito mais caro, os transportes públicos não são suficientes, mercados lotados e com filas, atrações na cidade com filas, praias absurdamente lotadas ( nunca vou esquecer que a primeira vez que fui a Comino não tinha lugar para eu colocar a canga e sentar hahahaha, juro!!!! Precisei deixar minha mochila nas pedras e ficar no mar esperando um espacinho qualquer para sentar).

    4. Em compensação quando o verão acaba é um marasmo só hahahaha, acho que nunca vou me acostumar com a quantidade enormeeeeee de coisas que tem para fazer durante o verão e depois vai ficando calmo, calmo, calmo… massss essa calmaria toda é excelente para você focar somente em seu curso e aproveitar mesmo.

    5. Como parece MUITO com cidade de interior, também não existe as facilidades de cidade grande… praticamente tudo fecha aos domingos, farmácia não tem delivery e mercados ( pelo menos os próximos a mim) também não, não tem nada parecido com algum IFood da vida para dias que não estamos afim de cozinhar hahahaha, praticamente não tem boas lojas de roupas ( boas pra mim leia-se H&M, TopShop, Zara, Primark, Forever 21), a H&M é minúscula e a Zara estava para abrir (já deve ter aberto), sem falar que as lojas locais são caras e muito cafonas, ah e se quiser dirigir tem que aprender a usar a mão inglesa.

    6. Você pode ser pega de surpresa por temporais que, literalmente, deixam o país debaixo d’agua !!! É surreal como Malta fica alagada em um nível terror e pânico com poucas horas de chuva … por sorte também escorre rápido – amém. Eu tive muita sorte pois essas chuvas doidas caíram dias antes de eu chegar no país e depois quando eu estava viajando pela Costa Amalfitana e não presenciei ao vivo, só vi videos meio assustadores, rs.

 

COMPARTILHE:
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Seguir Erica Camargo:

Apaixonada por explorar novos lugares e compartilhar suas experiências... as boas e os perrengues também, rs!! Adora conhecer bons restaurantes, descobrir lojinhas locais, é super ligada em tendências e hotspots e não dispensa uma boa balada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *